RSS Feed

Monthly Archives: Março 2010

Auto-Flagelo: Uma luta de cada vez

Dói tanto… E a vontade de me machucar volta. Parada no escuro do quarto, ouvindo Matanza em alto e bom som, as lágrimas percorrem sem cessar.

Me sinto tão só, parece paranóia, neurose minha, mas não é, a solidão é nítida.

Só quem sente esta sensação sabe o grito de desespero que pulsa no corpo. O coração não bate, ele martela a alma… O peito dói!

Eu começo a questionar se sangrar não me aliviaria, aí me lembro de todos vocês, que sempre lêem meus relatos e digo a mim mesma “não posso fraquejar, não posso decepciona-los”, e é quando me recordo que não sou feita só de palavras, que sou humana e erro como qualquer outro.

As lagrimas passam, ops, voltam. Parece besteira mas tudo começou com hoje (sábado) com uma revolta, amanha é aniversário do meu irmão e meu pai dará a ele qualquer coisa (se é que dará) sem muito gosto, enquanto pra enteada presenteou com um notbook novinho (e nem eu ganhei um assim, o meu foi de segunda mão e meu irmão, quando precisou pra faculdade, teve que comprar), mas o que me revolta nisso tudo de fato é:ela nem gosta dele, todo mundo me fala que ela “atura” ele, não tenho motivos pra ficar triste, afinal tenho um pai trouxa!

Isso… A TPM… É meus caros eu remôo o passado sempre e sempre, só quem sabe meu histórico de vida pra entender o que eu sinto e porque eu sinto!

Agora talvez a coisa mais banal, ligar para alguém (já que mais ninguém me liga, ao menos não que morem aqui) e o telefone só tocar… No pós-namoro percebi que não me restaram amigos, nem os de balada, eu acabei me afastando de todos, e o pior, não por amor, mas por depressão, e hoje pago, pois estou sozinha, aflita, escrevendo ou falando com as paredes.

Escrever as vezes me faz desviar o foco “corte”, gostaria de não cair novamente nos braços da lamina fria, mas pelo visto talvez seja inevitável, o problema é que não agüento mais as marcas, essas malditas marcas que eu sinto, são elas que me afastam as pessoas, pois ao invés de tentarem compreender, elas simplesmente fogem, afinal, não é problema delas! Eu sei disso, pois até quem disse que me amou um dia com tanto fervor, acabou se distanciando de mim por medo, o medo da loucura…

Não creio que eu seja louca, aliais, estou sempre consciente desses erros, só que é mais forte que eu, a dor que sinto é tão intensa, que muitas vezes não resisto, mas vou com cautela.

Pensar pode levar a morte… Porque se você analisar, quando paramos para refletir sobre a vida, uma analise profunda… Nossa, ao menos a minha parece mais assustador que um filme de Hitchcock. E ao fazer isso hoje percebi que tenho vivido só pra esperar o dia de morrer.

Hoje (sábado), mais uma vez acho que não irei sair, não vou viver, devo dormir, o que é triste, pois não vivemos (de fato) quando estamos “vegetando”.

Minha maior vontade no momento é socar o mundo, me meter em um briga do melhor estilo hooligans, quem sabe assim essa dor e angustia passariam… Mas como sempre, seria temporário, quando eu acordasse pra vida, os problemas ainda estariam lá.

Então não adianta tentar “ferrar” a própria vida, nada vai mudar, tudo ainda vai estar lá, no final só nos resta encarar os problemas, mas isso é outra página.

Frase: A única forma de me livrar de meus medos é fazer filmes sobre eles. [ Alfred Hitchcock ]

Assim como Hitchcock encontrou uma forma se lidar com seus medos, nós encontraremos uma de lidar com os nossos.

Musica: Tempo Ruim (Matanza)

Freak Butterfly

Coisas que todos os homens devem investir

Como já me referi às mulheres, vi que os homens também têm certas “obrigações” quando se trata em ‘investir’. Não é necessário ser nenhum metro-sexual para estar bem consigo mesmo.

Então vamos a uma breve lista do que é fundamental todo homem ter:

  • Cuecas e meias: Sim rapazes, se vocês pensam que só nos mulheres devemos estar com a lingerie certa, saiba que a cueca do vovô pode ser ‘broxante’ para muitas mulheres, ninguém quer ver cueca furada, borrada, ou com o elástico caindo, não lhe custará muito (que cuecas são mais baratas de que lingeries femininas) invista em cueca Box, além de ser muito mais confortável é a preferida das mulheres. E se tratando de meia, isso é do bom senso, meia velha furada com aroma desagradável não dá né?!;
  • Preservativo: Se você pensa que isso é bobagem, vá tirando seu cavalo da chuva meu caro, andar precavido é seu dever (como é nosso também), então corra na farmácia e abasteça seu estoque de camisinhas, há diversos tipo que podem beneficiar ambas as partes interessadas, ah e se você tem várias intenções, tenha sempre a mão lubrificante (nunca se sabe o dia em que finalmente ela vai liberar o tão sonhado, você sabe!);
  • Salão: Cabelo sem corte, unhas sujas e pés horrendos… É querido, mulher repara em tudo isso, higiene é fundamental, fazer a barba e aparar os pelos, tudo isso é ganhar bônus, não basta você investir na aparência física, os pequenos detalhes chamam a atenção. Saiba que há estudos que indicam que as mulheres, por instintos escolhem os parceiros involuntariamente, com o que possam aparentar melhores reprodutores, mesmo que a intenção não seja procriar. Então vá ao salão, apare as madeixas, faça bem a barba, não tenha medo de aparar aqueles cabelos em excesso das axilas e em hipótese alguma tenha receio de aparar os pelos pubianos (não vá na onda do seu amigo que disse que isso é coisa de ‘viado’) quer ser mais feliz ainda no sexo oral, então apare!;
  • Guardaroupas: Não é necessário comprar roupas caras para se estar bem vestido, lojas de departamento hoje estão investindo em modernidade, não há nada mais desestimulante do que um homem mau vestido, até porque a aparência é nosso cartão de visitas, então usar roupas que lhe caem bem não irá custar fortunas e lhe trará muitos benefícios, se não souber o que fazer, peça ajuda da namorada, amigas ou até da mãe!
  • Jantares, baladinha e motel: Não estou dizendo que você terá de gastar todo seu salário nisso, mas fato, mulher gosta de ser cortejada. Pode ser a moderninha que for que cai de quatro quando é levada para jantar, ou para uma baladinha cool e claro o motel, e sendo bancada, pois, mesmo com o lance de dividir a conta, às vezes é bom ser só paparicada, como quando o cara das flores chega em sua mesa e ela diz que não quer, no fundinho, ela deseja sim, mesmo sendo brega ou qualquer coisa assim.

Freak Butterfly

Coisas que todas as mulheres devem investir

Estava comigo mesma, pensando em quanto gasto com sapatos ou roupas que nem mesmo chego a usar, e vejo que todo este consumismo é apenas para tentar elevar minha auto-estima, mas tudo que ganho é a fatura do cartão nas alturas no final do mês, e quando abro o guarda roupas vejo que nunca tenho nada, então me listei com coisas que são realmente importantes, e percebi que algumas nem preciso de dinheiro para ter.

Então agora, conheçam as coisas que todas as mulheres devem investir:

  • Lingerie: já ouvi muitas vezes que o bom mesmo que o que esta dentro do pacote e não a embalagem, isso não quer dizer que estar completamente nua é mais excitante do que estar com uma bela lingerie. Uma calcinha pode decidir o futuro de sua vida sexual, sei que as calçolas da vovó são bem mais confortáveis, eu tenho as minhas famosas “calcinhas boxe”, mas ande sempre prevenida, tenha um calcinha sexy na bolsa, nunca se sabe o que uma noite pode nos reservar, ou até uma ligação inesperada daquele paquera que você esta louca para fisgar, então aquilo que sua mãe sempre disse é mais que valido “use sempre uma cacinha boa, nunca se sabe o que pode acontecer, imagine se você esta com aquela calçola velha?”. Então mulheres invistam na sua beleza intima, hoje não é tão caro assim manter sua gaveta sexy, lojas de departamento como Marisa, Renner, c&a entre outras sempre trás surpresinhas pra mulherada;
  • Salão: Sim moças, reservem de seu rico dinheirinho uma quantia mensal para se dedicar a beleza, não digo beleza física, mas detalhes que fazem a diferença como sobrancelhas, depilação (isso é uma obrigação) e as unhas, principalmente a dos pés. Se você é como eu que às vezes arrisca e da uma de manicure, tudo bem, pra ser bem sincera desconheço pessoas que olham os detalhes de suas cutículas, mas os pés minhas caras, um pé bem feitinha também poderá mudar o rumo de sua vida. Pois saiba que cerca de 30% da população masculina no mundo é podólatra, como tais coisas não vem estampado na face, melhor, bem melhor andar precavida;
  • Farmácia: Se você é daquelas que confia que homens sempre andam com camisinha trate de ir às farmácias. Mesmo com a quantidade de doenças sexualmente transmissíveis, muitos homens deixam a desejar no quesito precaução, então é sua obrigação ter sempre a mão preservativo e anticoncepcional. Não vá esperando que na hora do rala-e-rola ele vai pensar em tais coisas, então pense você, pelo bem da sua saúde.
  • Artigos de sex shop: Queridas, não tenham medo de entrar naquela lojinha estranha com um luminoso gigante escrito “SEX SHOP”, eu sou a favor de toda mulher ter seus brinquedinhos, investir no que possa lhe proporcionar mais prazer, desbravar seus corpos, e para isso nada melhor que um vibrador! Sim queridas leitoras, um mero vibrador, calma, se você já tremeu ao ler isto, não fique nervosa, há lojas virtuais que entregam na sua casa com máxima discrição, além de vibradores, você encontra lubrificantes pra todas as ocasiões, pomadinhas para sexo oral, fantasias (que entra no quesito lingerie) e até joguinhos e livros relacionados à sexualidade;
  • Um tempo para si: Tire uma folguinha e reserve uma horinha só pra você, relaxe, tome um banho passe cremes, tenha um dia de beleza (isso você mesma pode fazer), ligue o som, cante, dance, leia um livro, enfim faça o que der na telha! Isso é algo que não requer dinheiro e poderá lhe trazer ótimos benefícios;
  • Amigas: Outra coisa fundamental e preservar a amizade. Reuniões entre amigas são importantíssimas, trocar experiências, fofocas, falar sobre qualquer coisa que sinta desejo é uma ótima terapia. Ter um tempo pra cultivar suas amizades e se divertir, não há dinheiro que pague.

Freak Butterfly

Nunca diga “Eu te amo”

Talvez, mais uma vez, isso vá parecer dor de cotovelo, mas eu estava sentada pensando comigo mesma: é só dizer “eu te amo” que a pessoa foge!

Você já percebeu a força que tem a palavra amor!

É incrível como ela se torna mais forte ainda quando se da em enfeito contrário. Tudo está bem, a mil e uma maravilhas, mas é só usar a palavrinha mágica e POW! Ele (ela) some. A vida anda tão banal que se relacionar com alguém também se tornou uma mera diversão. Como no texto anterior, se há mulheres que buscam a casualidade e não conseguem achar, imagine aquelas que buscam o amor… Encontrar isso hoje em dia é como ganhar ao menos a quina da mega sena, é possível, mas se tornou cada vez mais dificil, pois você não pode ter tudo nesta vida, ou você tem o amor, ou é feliz! Ou você é feliz, e não terás o amor verdadeiro. E não digo só em relação às mulheres, há homens (eu sei são raros) que também buscam isso, uma relação madura.

É muito mais fácil viver em relações sem futuro, longínquas do que entrar de cabeça em algo mais sério, em algo que poderá render um futuro, se arriscar no amor é mais difícil do que se atirar de cabeça na bolsa de valores.

Hoje em dia ninguém se importa com mais nada se tratando de relações, o sexo é o principal para mantê-la acessa, se o sexo um dia “brochar” sua relação também. E o mais engraçado nisso tudo é o medo do compromisso, as pessoas temem mais a palavra namoro do que, por exemplo, “dor” ou “guerra”, não sei talvez se analisarmos o “amor” ele seja tão cruel quando a dor ou a guerra.

A única coisa que posso falar confiante é: não usem essa palavra “amor” como quem pede uma cerveja no boteco. Não diga eu te amo se não sentes. Se não deseja viver. Sendo longe ou perto, sendo possível ou não, apenas não diga. É melhor passar neste mundo sem nunca dizer um “eu te amo” que não fosse sincero, do que sair gritando pelos quatro cantos a qualquer um que vá de coração, acreditar em você.

O amor, esse tal amor, pode ser mais devastador do que uma guerra, doer mais do que tapas. Pois isso pode se tornar uma ferida sem cura.

Há ainda pessoas de coração puro neste mundo, então não tire a única coisa sincera e verdadeira que possa haver nela com uma frase tão mentirosa como esta. E se você amar de verdade, apenas se cale.

Eu te amo agente só diz pra parentes (isso se realmente valer a pena).

 

Freak Butterfly (Poliana Zanini)

Tabus femininos: Sexo Causal

Hoje, dia 08 de março, comemora-se o dia internacional da mulher. E desde então nós lutamos por nosso espaço, temos direito ao voto, ocupamos lugares de destaque em diversas profissões e aos poucos estamos conquistando mais e mais lugares.

Ainda somos reprimidas por alguns tolos tabus, hoje irei falar do sexo casual. É engraçado como depois de tantos anos de liberdade, muitas de nós mulheres ainda nós sentimos reprimidas quando o assunto é este. Cada vez mais nos tornamos independentes, livres para quais quer escolhas, mas não conseguimos um misero sexo casual. E sabe por quê? Porque os homens não conseguiram entender que sim! Mulheres também transam sem envolvimento emocional.

Sim! É isto mesmo. É engraçado como a maioria dos homens buscam isso nas mulheres, anseiam encontrar uma garota que não deseja compromisso, que ligue para eles quando está afim, mas quando a encontram, qualquer demonstração de desejo dela por mais de duas transas, eles pulam fora do barquinho com medo de que estejam apaixonadas!

E por isso este tabu ainda não foi quebrado, além do mais, ainda temos alguns machistas ou algumas moças conservadoras de mais que adoram julgam quem aderiu a esta pratica livre! Não julgamos se não desejamos ser julgados. Já estamos em pleno século XXI, estamos perto do que possa ser o inicio do tal “fim do mundo” e as pessoas, mesmo em eras apocalípticas não abrem suas mentes e param de tentar meter o bedelho na vida dos outros.

E aos homens, lhes digo, se a garota quiser transar com você mais de duas vezes, não é paixão, há duas hipóteses: ou ela gostou, ou apenas não tem mais opções no momento (porque sim! Mulheres também tem suas necessidades), então abram suas mentes e vejam que os tempos realmente são outros, que as mulheres realmente estão mais pra frente e mais livres para escolher, assim como você, nós também temos desejos e corremos atrás deles como qualquer pessoa saudável.

Então mulheres do novo século, da nova década, sejamos livres, tenhamos desejos e não se reprimam por eles!

Feliz dia internacional da Mulher!

Freak Butterfly (Poliana Zanini)

Beijando sapos

Esta semana me deparei com minha agenda de 2000. Nela estão diversos poemas, frases, e todas essas coisas que as meninas de 15 anos da minha época faziam, ou ao menos eu acho que eram assim, sonhadoras como eu fui.

Desde nova eu já escrevia alguma coisa, não bem, mas tentava, adorava escrever poemas românticos e melosos, Deus, como minha mãe não viu os primeiros sinais de uma sonhadora. Sim, eu fui uma sonhadora, durante boa parte da minha vida, eu sonhava com um final feliz, com um príncipe encantado e todas essas coisas, que em algumas décadas atrás, as mães até incentivavam as filhas a pensar, não sei se para zelar por sua castidade, mas comigo até que funcionou.

Não culpo minha mãe pela serie de tragédias amorosas a seguir, pois até ela mesma talvez nunca tenha sido alertada, mas que sirvam de lição para quem está lendo isto neste exato momento, alertem suas filhas, abram seus olhos, em questões do coração, é melhor, muito melhor prevenir, pois há coisas que não há remédio. Mas até os 21 anos eu sofri, e muito pelas questões do coração.

Se você é mãe, tia, ou qualquer coisa assim, não façam de suas pequenas meninas criaturas doces e ingênuas, as preparem para o mundo real, onde sapos nunca serão príncipes, e onde os príncipes talvez gostem de outros príncipes (não que todo homem “perfeitinho” seja gay, mas a maioria é ou já estão casados, sejamos realistas).

Eu passei por todas as fases que uma menina poderia passar, logo aos 13 anos sofri do meu primeiro amor. Platonicamente, calada, por alguém bem mais velho que eu. E bota sofrimento e humilhação nisso, com direito a cartas de amor e até uma carta quilométrica, daquelas que se mandam pra gente famosa, sim, eu era brega. E com isso fui humilhada. Depois caí em uma roubada atrás da outra, um sapo atrás do outro, inclusive na minha primeira vez, que foi mais por curiosidade do que as amigas falavam que pelo tal amor, enfim nada saiu como eu planejei durante esses anos.

Precisei sofrer severamente para acordar e ver que o amor de filmes só existiria em filmes. Não meus caros, isso não é dor de cotovelo, nem algo do gênero, se venho escrever, seja sobre o que for, de forma que me exponha, é sempre para lhes alertar ou tentar ensinar algo com minha vivencia, que neste caso é: acordem suas meninas!

Não há necessidade de ser fria e contar tudo desde pequena, mas explicar certas realidades, é melhor assim (vai por mim). Não que todo homem seja lobo mau, mas mostrar a elas, que sonhar faz bem, mas estar com o pé no chão é melhor ainda. Prepara-las para o mundo real não é crueldade, e sim, evitar que sejam estraçalhadas tarde demais pela crueldade lá de fora.

O príncipe encantado não existe, há homens que nunca saíram do posto de sapo. Alertar suas meninas de que devem ser fortes e independentes, devem ser “rainhas” por si só. Se eu tivesse acordado do meu sonho rosa antes dos 21 como foi, eu teria vivido mais, curtido mais, e estado preparada pra tudo e todos que fossem me fazer sofrer, pois não estamos livres disso, nem as mais preparadas estão, mas é melhor saber logo a verdade, estar consciente dos riscos, do que estar despreparada.

Contos de fadas são apenas contos, e fadas uma ilusão. A verdade é dolorosa, mas o que nesta vida não é? Não quero passar a impressão de mau amada ou mulher sofredora, afinal eu também não fui santa o tempo todo, também não desejo criar mulheres frias, nem nada do tipo, só que sonhar faz bem, mas viver no sonho não é saudável, não para a mente.

Freak Butterfly (Poliana Zanini)