RSS Feed

Monthly Archives: Março 2011

Pés pra que te quero

Você os maltrata o dia inteiro, andando de um lado para o outro, ficando hora em pé, usando sapatos desconfortáveis, sempre com eles fechados sem respirar. Pois é, seus pés também respiram, até nossas unhas “respiram”.

Depois de ler uma matéria sobre como descobrir doenças através das unhas dos pés (incluindo o câncer do pulmão que pode mostrar o alto índice de nicotina no organismo), pensei no quão descuidado somos quando o assunto é pés. Sempre mantemos as mãos lindas, mas e seus pés? Vocês acham que eles também não merecem atenção, afinal, há mais podólatras no mundo do que você imagina, então a seguir seguem algumas dicas (que servem para homens e mulheres) de como cuidar dos preciosos pés que te levam para onde você desejar:

  • Uma vez por semana use a lixa ou pedra-pomes para lixar a sola dos pés, e passe sempre em uma única direção, isso ajuda a remover as células mortas das solas;
  • Uma vez por semana, utilize também um esfoliante, removendo também as células do “peito” do pé e dedos, não se deve passar a lixa, pois os mesmos são sensíveis e podem ficar machucados;
  • Todas as noites utilize um hidratante específico para a região, assim eles serão hidratados enquanto você dorme, uma dica para intensificar a hidratação é utilizar meias de algodão;
  • Mantenha as unhas sempre limpas e para isso tenha sempre no banho escovinha de unhas no banheiro;
  • Se você gosta de vermelho, deixe os pés descansarem da cor ao menos uma semana ao mês, o vermelho mancha as unhas, e se possível, mantenha-as nesta mesma semana qualquer tipo de esmalte, assim, suas unhas poderão “respirar”;
  • É recomendável ter seu próprio kit manicure, com palito, empurrador de cutículas e alicate, pois são mais seguros, tanto para as mãos quanto para os pés, se não, você pode utilizar também o kit higiênico em lojas de cosméticos;
  • Nas lojas especializadas em cosméticos, você encontra também, uma espécie de ‘meia’ plástica com um hidratante para seus pés, ou parafina para deixá-los macios e tratados;
  • Colocar as pernas para cima ajuda na circulação e no inchaço do dia-a-dia;
  • Não abuse dos saltos, apesar de deixar o corpo mais bonito e modelado, ele pode trazer uma séria de problemas para a coluna e seus pés, se vai passar o dia em pé, opte por sapatos mais baixos;
  • Escalda pés é uma forma de relaxá-los, água morna e um punhado de sal grosso já o ajuda a descansar.

Bem, estas são apenas algumas dicas para tratar bem quem te sustenta o dia todo. Além do mais, há certos prazeres na vida que podem começar pelos pés.

 

*Imagens: Google Imagem

 

“Desejo e Depravação” estão expostos no Museu Nacional de Estocolmo

No dia 14 de março, no Museu Nacional de Estocolmo, uma exposição reuniu obras do século 16 até os dias à atualidade explorando o contraste de 500 anos entre virtude e pecado.

A gerente de divulgação do Museu, Anna Jansson disse à BBC Brasil que, “Queremos que os visitantes tenham as suas próprias interpretações sobre o que é desejo e o que é depravação. A arte erótica sempre foi produzida por homens e para homens. Quisemos mudar essa perspectiva, e por isso incluímos várias artistas mulheres na parte contemporânea da mostra”.

A virtude sempre foi muito explorada, seja pela igreja que exigia o comportamento virtuoso das mulheres com a pena de ir ao inferno caso não fosse acatado. Mas também a virtude foi desejo e fetiche de muitos, como podemos ler em contos de Sade, Restif de La Bretonne, entre outros escritores anônimos da época.

Uma das montagens da exposição mostra como as meninas eram educadas para viver uma vida virtuosa, a fim de arranjarem um bom marido. As obras do século 16 mostrarão a rígida moral religiosa do período – um tanto cômico tento em vista que os sacerdotes eram grande fornicadores – os artistas da época utilizaram detalhes eróticos em cenas míticas ou bíblicas com insinuações moralistas sobre as conseqüências de um estilo de vida pecaminoso.

Entre os séculos 18 e 19, pinturas com tons eróticos estavam restritas aos aposentos privados de homens. Nos museus, a relutância em exibir nuances de erotismo estavam refletidas em folhas de figueira encomendadas para encobrir as partes intimas representadas em esculturas antigas com representação de gregos.

Porém, após o século 19, com o crescimento e desenvolvimento das cidades, o sexo casual e a prostituição, trouxeram uma série de novas interpretações em relação a sexualidade e a moralidade.

Os artistas suecos e dinamarqueses Kristina Jansson, Gisela Schink e Lars Nilsson, levam a exposição uma visão contemporânea de virtude e pecado a exposição.

Infelizmente esta exposição não tem planos de viajar o mundo, então, se você está curioso para apreciar estas obras, pouquíssimas imagens podem ser visualizadas pela ferramenta do “Google Imagens”, mas já se pode ter um gostinho do que os suecos poderão apreciar.

 

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/03/110307_suecia_expo_desejo_cvw.shtml

 

Mais sexo em pró do coração

Parece coisa de filme ou série policial, mas o sexo pode provocar ataque cardíaco sim. Calma, aliais, o sexo ocasional ou esporádico (isso quer dizer, a falta de sexo). Segundo o site da BBC, 14 analises de estudos prévios do tema, concluiu que a falta de atividades físicas ou mesmo o sexo, pode aumentar 2,7 vezes as chances de um ataque cardíaco durante ou após a relação sexual. Apesar de ainda parecer um percentual baixo, não custa nada se prevenir e praticar atividades físicas ou mesmo, mais sexo.

Além disso, há vários estudos que comprovam que o sexo não faz bem somente para sua relação como também para o coração, entre vários outros órgãos do corpo incluindo o cérebro. Outro estudo realizado por médicos do New England Research Intitutes, mostraram que homens com um a vida sexual menos ativa tinham maior incidência de distúrbios como a disfunção erétil, colesterol alto e hipertensão.

Isto não quer dizer que você não precisa virar uma tarado(a) ninfomaníaco, é recomendado fazer sexo de duas a três vezes por semana para ter um efeito protetor para o coração, além de ser um exercício considerado moderado (ai varia do seu desempenho e malabarismo, pois imagina praticar o Kama Sutra? Seria um exercício de nível máster), libera hormônios que ajudam a equilibrar uma serie de funções metabólicas.

Você acha pouco? O sexo ainda reduz o estresse (claro, o bom sexo, nada pior que uma “foda” mal dada). Em suma, pessoas que praticam sexo vivem melhor e são mais saudáveis.

Os médicos ainda recomendam que se o desejo diminuiu, o ideal é procurar um médico para diagnosticar a causa. E se você acha que só a “meia-idade” que tem problemas de saúde deste nível, saiba que o índice de jovens cardíacos, hipertensos e diabéticos sobre cada dia mais, o cuidado independe da idade e do sexo.

Lembrem-se: sexo é bom, mas nunca devemos abandonar a prevenção, camisinha sempre!

,

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/2011/03/110323_pesquisa_sexo_ataque_cardiaco_rw.shtml e http://oglobo.globo.com/vivermelhor/mat/2010/01/22/sexo-faz-bem-ao-coracao-indica-estudo-publicado-nos-eua-915683502.asp

 

 

Muito Além do Ponto G

Revista masculina vai muito além do universo dos homens ou para os homens, acho bem mais interessante que a maioria das revistas voltadas a nós mulheres. Um grande exemplo é a Men’s Health, bem mais divertida que a versão feminina.

Neste mês de março a revista trouxe em suas paginas uma matéria sobre o “GPS do orgasmo”, pensei então “porque não colocar aqui pra todo mundo ler?”.

Então vamos lá, quando eu digo que interessante, é porque com as dicas dadas aos homens para desvendar nosso prazer, nós também acabamos por descobrir pontos que as vezes desconhecemos. Já que passou por este blog várias dicas para o ponto G, chegou a hora de você conhecer e explorar outros pontos desse alfabeto do prazer.

  • Ponto U – ele fica entre o clitóris e a uretra, na entrada dos pequenos lábios. Este ponto abriga um conjunto de nervos ligados ao prazer intenso, ele é responsável pela ejaculação feminina. A terapeuta sexual e consultora da “MH” ensina, “faça leve pressão com os dedos, em movimentos circulares ou de vaivém, sobre o ponto U”. Realmente o ponto U é um lugar e tanto para se delirar de tesão, outra sugestão é usar o vibrador para estimular o local.
  • Ponto G – Você ainda não sabe o que é ou onde fica o ponto G? Você ainda duvida que ele existe? Bem, leia aqui uma matéria completa sobre o misterioso ponto G.
  • Ponto A ou AFE – fica dois cm acima do ponto G. É eu sei que você não vai ficar com uma régua medindo cada milímetro da vagina da sua garota, mas tudo é uma questão de tato. A zona AFE (entrada erótica anterior), ou ponto A, é esponjosa e cheias de terminações nervosas que atiçam o tesão e respondem facilmente ao toque mais sutil. A melhor maneira é pedir que sua parceira fique deitada de barriga para cima com as pernas dobradas em direção aos seios. “Ai penetre a vagina dela com seu dedo, procure o ponto G e depois suba para o A”, diz Laura Muller, sexóloga de São Paulo. “No ponto A, faça lentos movimentos circulares com seu dedo entre leves batidinhas.”

Ok, você mulher que está lendo deve rir e pensar “nunca que ele vai ter paciência pra tudo isso”. Pode até parecer verdade, realmente muitos homens não tem paciência para exploração, o que se torna um erro, como digo e repito sempre sem cansar, nada melhor que uma mulher satisfeita pra te satisfazer. Tire um tempinho pra descobrir as áreas de prazer dela, explore cada pontinho desse santuário feminino, depois que descobrir, o tocar se tornara uma ação automática. Você pode também incrementar e utilizar vibradores, alguns específicos para o ponto G, podem lhe ajudar mais.

Se em quatro paredes tudo pode valer, então comece pela paciência e estude-a. Vale para as mulheres como auto-conhecimento, saber onde te da prazer é uma forma de guiar o parceiro ao seu paraíso.

Leia também Os mistérios do Ponto C: https://freakbutterfly.wordpress.com/2008/08/22/os-misterios-do-ponto-c-parte-1/

https://freakbutterfly.wordpress.com/2008/08/25/os-misterios-do-ponto-c-%E2%80%93-parte-2/

https://freakbutterfly.wordpress.com/2008/08/25/os-misterios-do-ponto-c-–-final/

Fica aqui também, um vídeo interativo sobre o ponto G: http://www.youtube.com/verify_age?next_url=http%3A//www.youtube.com/watch%3Fv%3DSC5FUlAFVX8

*Fonte: Men’s Health. Numero 56, março de 2011 pág. 26/27.

 

Coisas que você Ama ou Odeia… Sem Meio Termo

Seguindo uma dica de um professor da faculdade, em pegar algo já escrito publicar fazendo uma analise e dando meu ponto de vista, cá estou com mais uma da Woman’s Health, diretamente do editorial “Atitude WH*”, com 18 coisas que ou você ama ou você odeia. Então mulherada, vamos ver quais são as eleitas da revista:

  1. Franja – É capaz de esconder uma testa gigante, disfarçar o mais redondo dos narizes ou fazer exatamente o contrário. (Realmente uma franja pode estragar uma vida, eu sou prova viva disso, certa vez me cortaram a dita cuja toda torta e me diz como você disfarça uma franja sem ficar parecendo com o Chitãozinho nos anos 80? Então antes de optar por uma franjinha ou franjona, ouça bem seu cabeleireiro, graças a Deus eu fico bem com ela).
  2. Jeans Skinny – Fica lindo em quem pesa 50kg – e péssimo se você está 100gr acima do peso porque marca até o pensamento. (Nem me fale, eu já entrei nessa moda, mas parecia uma casquinha de sorvete já que tenho o quadril largo, não que fique realmente bem somente em quem tenha 50kg, mas você deve estar em forma pra usar uma, mas o peso é relativo, cada qual tem um peso ideal).
  3. Humor inglês – Você não sabe em qual parte da piada é para dar risada. (Desculpe, mas inglês tem humor? Nada contra, mas é difícil até achar graça em um filme de comédia inglês sem que haja um americano ou outro estrangeiro no meio, pois realmente, não entendo suas piadas, é do tipo muito cabeça pra mim? Seria isso?)
  4. Comida japonesa – Você senta no balcão e deixa o sushiman surpreendê-la. Mas se você é do time do contra deve se perguntar: vale yakissoba? (Seja o que for que comer em um restaurante japonês eu acho que vale a pena, é leve e gostoso, porém tal leveza nos faz sentir fome uma hora depois de estar “comida”, eu só não misturo mais sushi ou sashimi com cerveja, a resultado não foi nada agradável – não é não o que você pensa, mas passei a noite com a cara no trono).
  5. Ioga – Saudação ao Sol para você é sentar numa cadeira de praia e contemplar o astro rei. (Bem, eu nem gosto de tomar sol, e não conheci uma pessoa que tenha feito Ioga e odiado, no Maximo acharam puxado e desistiram, mas não odiaram, mas deve ser que nem Pilates, este eu fiz, era bom, puxado, mas bom).
  6. Gato – É o animal mais dócil e companheiro da face da terra. Não? Então deixa seus pelos arrepiados de pavor. (Seria o “gato” homem que a revista se refere? E porque arrepiado de pavor? Claro que alguns “gatos” são mesmo pavor, mas generalizar, hã!?).
  7. Micareta – ahhhh… Vai dizer que não gosta do “bota a mão na cabeça que vai começar…”. (Só se eu estiver terrivelmente bêbada, mas daí eu danço até MC Catra. Mas por favor, qualquer um que tenha um mínimo de cultura vão responder NÃO!).
  8. Ostra – Você lambe os beiços ou torce a língua. (Dizem que a ostra é uma iguaria afrodisíaca, mas não tive coragem de comê-las, na verdade das ostras prefiro as perolas).
  9. Ankle boots – Elas estão resistindo à terceira temporada. É provavelmente sua última chance. Isso ou você finalmente verá as vitrines livres delas no inverno 2011. (Calma lá revista, quem sabe no verão 2012, pois no inverno elas ainda aparecem, mesmo que discretas, elas estão lá. Eu já tive uma, mas nunca cheguei a usar, acho bonita, nos outros, em mim, bem não sou alta e aprendi que peito do pé escondido pra alguém da minha estatura, achataria ainda mais).
  10. Unha verde ou azul – Claro que você ama. Tem menos de 17 anos. É atriz. É super-ultra-moderna-descolada. As três alternativas anteriores jusntas. (Ahhhh o que é isso? Eu não sou nenhuma destas opções e já usei, claro o azul claro e o verde claro, no melhor tom pastel, é lindo, não é?)
  11. Sogra – Ela se tornou uma segunda mãe para você ou bonequinha de vodu! (Bem, não sou muito namoradeira, mas as poucas sogras que conheci, sempre fui vista como uma menina doce, então nenhuma – ainda – virou bonequinha!).
  12. Cachos – Se pudesse levar um item para uma ilha deserta seria uma chapinha. (Como boa do contra que sou, levaria o babyliss, eu adoro cachos, nunca tive cabelo crespo, mas tentei. Como muitos leram na minha desventura de um permanente, acho lindo, e evito usar chapinha, aliais, nem tenho uma!).
  13. Música sertaneja – Você acha que Victor e Leo são uma dupla de estilistas holandeses. Na-na-ni-na-não! (Desculpem o que vão ler a seguir, mas, PUTA QUE O PARIU! Quem é que escreveu isso aqui? Me senti super ofendida, pra uma mulher pensar isso no mínimo ela deve ser super alienada e sem nada na cabeça. Eu que não sou fã do sertanejo – mas também não tenho nada muito contra – sei que Victor e Leo é uma dupla sertaneja, e modéstia a parte, o Victor é lindo. Como alguém confundiria isso?).
  14. Saruel – A deixa tão descolada como a Sienna Miller, ou como se estivesse usando fraudas. (Eu já tentei comprar uma destas, mas não dá, me sinto realmente de fraldas, mas vem cá, quem é Siena Miller? Eu não saberia quem é Victor e Léo mas devo saber quem é está? Suspeito que seja uma cantora daqueles filmes High School?)
  15. Bronzeamento artificial – E daí se a pele fica meio alaranjada e há estudos que comprovem que faz mal à saúde? Eu “gostcho”, diria você! (Eu não sei você, mas eu não diria isso não, eu não gosto nem de pegar sol, quanto mais encher minha pele de esparadrapos – isso é a sensação do momento agora – passar um produto que exposto a maquina de bronzeamento (PROÍBIDA!) pra ficar laranja? Além de ficar visivelmente fake. Cada qual com seu gosto, mas eu acho super brega, e não desejo um câncer de pele a jato).
  16. Chocolate branco – É feito com manteiga de cacau, leite em pó e essência de baunilha. Gosto, nesse caso, não se discute. (Como não se discute em muitos outros que gostaram acima. Bem, claro que todo mundo é chegada no “branquinho”, depois que o meu ex-psicanalista me disse que isso era chocolate disfarçado de gordura, somente em raros momentos “verminosos” eu opto por ele. O melhor é chocolate amargo ou meio-amargo, que além do mais ainda faz bem ao coração).
  17. Corinthians – Você troce mesmo para o Palmeiras, mas que graça tem se não odiar o time adversário? (Bem, pode até ser. Eu realmente sou Palmeirense, mas odeio o Flamengo mais que o Corinthians – meus leitores flamenguistas que me perdoem, mas futebol é futebol, você também ou ama ou odeia).
  18. Uísque – Puro ou com gelo? Nenhuma das alternativas. (Bem, uísque realmente é uma coisa que se ama ou odeia, eu demorei pra gostar, gelo realmente deixa tudo mais aguado, mas eu faço o que apreciadores de uísque apavoram, tomo com energético, não é sempre, mas faço).

Bem, acho que esta lista de amor e odiar é imensa, pra ser sincera achei super breguinha a lista acima, tem coisas mais importantes pra se amar ou odiar, e ainda estou revoltada com o argumento sobre Victor e Léo (como podiam pensar que uma leitora acharia isso, alguém que lê não pensaria em tal coisa em hipótese alguma), mas… Até eu deveria estar nessa lista, pois sei que assim como tem gente que gosta de mim, tem a mesma quantidade que me odeia, é uma questão de gosto, afinal, como já diz o ditado “não se pode agradar a gregos e troianos” – assim como muita coisa ali encima não me agradou – e mais uma pra saideira, “nem Jesus Cristo agradou a todos”.

 

  • Fonte: Revista Woman’s Health, Edição 19 – Maio de 2010, pág. 102

Entrevistada pelo Newground Zine

Bem pessoal, hoje vou colar aqui a entrevista que rolou via MSN para o Newground zine de Santos (SP), então confiram um pouquinho sobre meu trabalho no blog e no site Freak Glam.

 

*ligando o rec do gravador*

 

newground zine:

Saudações queridos leitores, eis me aqui novamente para entrevista essa senhorita (Poliana) chefa do site Freakglam e outros afins apertem os cintos que a viagem vai ser bacana

 

Freak Butterfly:

Bom, antes de mais nada, Poli apresente-se para aqueles que não lhes conhece ?

Bem, sou estudante de jornalismo, blogueira (https://freakbutterfly.wordpress.com) e modelo/assessora/co-fundadora do site alternativo de fotos FreakGlam e apaixonada por tudo isso que faço!

 

newground zine:

Bom, o site atual ( freakglam ) surgiu paralelamente ao blog? ou seria outro esquema?

 

Freak Butterfly:

O freakglam nasce bem antes do blog, bem antes deu entrar na faculdade de jornalismo, eu ainda estava pra me formar administradora e marketeira. O blog foi meu escape, quando me mudei pra Curitiba, me sentia muito só, então eu escrevia, um dia pensei “porque não criar um blog!?” e ai que ele nasceu, em 2008. Já o site foi por meados de 2005, na verdade não consigo me recordar o ano, mas já tem um tempinho de idas e vindas de FreakGlam.

 

newground zine:

Bacana! lembro me quado fiquei sabendo do seu blog, foi pelo pessoal da X-Plastic. Queria saber se o freak seria site co-irmão, tipo suicide girls, burning angels?

 

Freak Butterfly:

Não, eu não o vejo assim, aliais, acho bem diferente, ambos os citados têm sim uma referencia e um padrão imposto, o nosso não, ele não exige nada, nem mesmo a profissionalismo em suas fotos, mas claro que agora na sua nova versão, queremos melhorar cada vez mais, porém, esse amadorismo muitas vezes leva o nosso visitante a imaginar que está espiando essa menina e não somente visualizando um

ensaio fotográfico.

 

newground zine:

Trocando em miúdos,(ou como diria meu grande amigo Wlad), freakglam é o suicide girls do Paraguai?  =D

 

Freak Butterfly:

rá não diria isso, por mais que batam nessa tecla, eu acho o FG bem diferente do SG, você não acha? agente não padroniza, não taxa, estamos de portas abertas a todas as interessadas é por amor a arte, é lutar contra a maré das imposições… o SG é explicitamente comercial!

 

newground zine:

Fato! É bem diferente  nota do editor – … do Paraguai é uma piada das internas Ex. Tor ( zumbis do espaço ) é o mike ness do Paraguai  hehehe pronto dando seqüência… Falando mais do BLOG, ali você coloca seu contos e alguns textos interessantes… Comente mais sobre isso?

 

Freak Butterfly:

Bem, os contos é um escape pra minha mente fantasiosa, as pessoas piram, alucinam, acho que eu fiz tudo aquilo ali, mas é a Justine, minha anti-heoína e não eu, imagem só se fosse eu, seria mais famosa que Bruna Surfistinha e mais devassa que Paris Hilton, eu gosto de fantasiar, de brincar com isso nas pessoas, a vida normal é tão chata, porque não uma pimenta ardida? Claro que como muitos escritores tem um pouco de mim em Justine, mas queria que tivesse muito mais dela em mim. Quantos aos textos, bem escrevo sobre o que gosto, seja moda ou comportamento, é um espaço meu, e sei que já ajudei muitas pessoas, isso que me satisfaz mais. Por exemplo, escrevo muito sobre sexo, tento meio que ensinar os meninos a se dar bem com as garotas, e vise-versa, o pessoal adora, e muitos agradecem provam das dicas e curtem, e sempre aprendo com os comentários em relação aos textos, isso que é melhor!

 

Newground zine:

Você toco num ponto que já respondeu  aproxima pergunta.. se Justine seria o seu lado sombrio, guardado a 7 chaves? tipo jackill e hyde, gollum e smegall.

 

Freak Butterfly:

Quem sabe… Quem sabe… rs todos temos um lado negro da força, ao menos eu gosto de pensar assim! Mas prefiro deixar o mistério no ar rs

 

newground zine:

*imaginando*

Bom um ping-pong tipo fale o que vier na hora

 

1 – diploma de jornalismo

 

Freak Butterfly:

Bem espero que valha algo mesmo, com a queda dele, mas tenho esperanças

 

2 – internet

 

Freak Butterfly:

Muito útil, não vivo mais sem!

 

3- alt.porn

 

Freak Butterfly:

admiro muito quem trabalha nisso, é dar a cara a tapas!

 

4 – blog ou site

 

Freak Butterfly:

Adoro, se forem os meus mais ainda rs

mas dá mega trabalho

5 – Poliana por você mesma:

 

Freak Butterfly:

Um enigma bipolar!

 

newground zine:

Entrevista indo para os finalmentes, deixa suas considerações finais…

 

Freak Butterfly:

Bem quero convidar a todos pra conhecer o Freak Glam e meu blog também, acho que vale a pena vasculhar ambos. O site esta crescendo a cada dia mais, mais pessoas interessadas tanto fotógrafos quanto modelos, vale a pena só peço respeito, acima de qualquer coisa, que as pessoas parem com esses pré julgamentos, quem somos nós para julgar? Respeito acima de tudo!

http://www.freakglam.com.br e http://www.freakbutterfly.wordpress.com e desde já sejam todos bem vindos!

 

newground zine:

Isso ae. Bom e assim termina mais uma jornada ao mundo sombrio da putaria rapeize. Beijundas for all  =))

 

Deflorando o Olho (final)

Lucas estava exausto quando entrou na casa escura.

– Justine??? – chamou Lucas.

Sem resposta, ele acendeu a luz da sala. Uma musica suave ecoava por ali e parecia vir do quarto.

– JUSTINE! – gritou.

– No quarto meu querido.

– Porque não respondeu antes… – dizia ele enquanto jogava as coisas na sala – que dia! Estou cansado… – continuou falando enquanto seguia pelo corredor que dava ao quarto – eu só quero tomar um banho e… Justine! O que é isso?

Ao entrar no quarto, Lucas encontrou uma garota desconhecida de longos cabelos castanhos embelezados por cachos, em seu corpo um robe de rendas negro, sentada na beira da cama, os pés reluziam a sandália de pedrarias, mas não tanto quanto a gargantilha de brilhantes. Justine estava logo atrás, acariciando os cabelos da moça, vestida com a camisola de seda preta, cabelos soltos, estava simples comparada a produção de Darling.

– Lucas, que modos – disse Justine enquanto se levantava e seguia em sua direção – está é Darling, uma garota muito boazinha que fará tudo o que você desejar.

– Que brincadeira tola é esta Justine? Eu to morto, caindo de cansado, e o que ela faz com sua gargantilha?

– Calma querido, só queria deixá-la linda pra você. Eu queria lhe dar um presente, então achei um rabinho virgem pra você, sei que adora comer rabinho.

– Você ta brincando né? Desde quando uma puta tem o rabo intacto?

Darling estremeceu e ficou envergonhada.

– Querida, não ligue pra ele, eu confio em você. Olha Lucas, eu sei e ponto, quero que você o coma e ponto!

– Eu não quero, Justine você não pode enfiar uma puta na minha casa esperando que eu chegue cansado do trabalho pronto pra meter nela.

– É Lucas, não posso, aliais, não posso esperar mais nada de você não é? Como poderia esperar que a comesse se nem ao menos come a mim?

– Você sabe que tenho trabalhado muito…

– Claro, claro, sempre! É sempre isso, você agora quer uma Amélia não é?

– Olha Justine, tenho muitas despesas…

– Claro, claro, inclusive eu né.

– Não quis dizer isso…

– Olha, chega, não quero estressar, tive uma ótima tarde com essa mocinha. Sim! Ela me chupou como ninguém faz a muito tempo, mas agora eu quero que você a coma, quero que meta nesse rabo, quero que jorre porra por todo corpo juvenil dela.

– Não… Não me peça isso…

– É acho que errei, deveria ter trazido um homem – Justine se dirigiu ao closet e pegou um casaco, depois a bolsa e continuou – então está bem, vou embora.

– Vai pra onde?

Darling não sabia o que fazer, se ficava ali ou se levantava e saia.

– Pra casa, eu tenho casa sabia? Depois pego minhas coisas.

– Para com isso Justine.

– NÃO DÁ! N-Ã-O D-Á! Eu to cansada Lucas, agora é sempre assim, uma guerra pra se ter algo que é necessário em uma relação, sexo! Quantos caras não dariam tudo pra chegar em casa e ter duas mulheres na cama? Quantos mesmo cansados, mortos não gostariam de estar no seu lugar? Você não me ama mais – Justine deixou escapulir as primeiras lagrimas.

– Você está chorando por isso… – disse Lucas indo atrás de Justine.

– Não, eu choro de raiva por estar nisso, por ter aceito tudo isso, essa vidinha medíocre de dona de casa, eu não nasci pra isso Lucas, não eu. Tudo que queria era de fazer um agrado, e você me vem com lorotas e patadas!

– Me desculpe… Não vá.

Justine largou a bolsa pegou na mão do Lucas e o puxou próximo de Darling que estava fria.

– Viu! Você a assustou – disse Justine acolhendo Darling nos braços – ela é meu novo anjo – a beijou – veja, toque a pele macia dela – seguiu Justine caminhando a mão de Lucas até o colo dos seios da moça – veja que seios durinhos, que mamilos mais gostosos, prove é sua.

Lucas ainda meio sem saber o que fazer tocou, acariciou os mamilos que logo se enrijeceram, os pelos loiros ouriçados, a respiração profunda, Lucas beijou os seios, percorreu até o pescoço, chegando aos lábios, os tocou levemente e a empurrou na cama.

Justine se sentou em uma cadeira próxima e começou a olhar, Lucas abriu o robe da moça e deslizou as mãos por todo ele, ele beijou cada canto daquele santuário, a face de Darling estava rubra, ela mordiscava os lábios e Justine ficava cada vez mais excitada.

– Darling minha querida, tire a roupa do senhor Lucas.

– Sim senhora – respondeu a obediente menina.

Ela tirou toda a roupa e começou a acariciar o corpo nu de Lucas.

– Hum… Acho que ele não está muito “animado” ainda, use seus lábios lindos e gostosos que você tem e anime-o!

Darling se ajoelhou e começou a engolir o pau de Lucas, que a segurava pelos cabelos metendo cada vez mais fundo fazendo a menina engasgar e babar ainda mais. Justine estava zonza, o tesão estava crescendo cada vez mais, ela abriu as pernas e começou a me tocar. Seu corpo estremecia na cadeira, então ela gritou.

– METE! METE NESSA PUTINHA LUCAS, METE!

– Lucas e jogou sob a cama novamente, colocou uma camisinha rapidamente e começou a meter, Darling se contorcia e Justine foi até a cama.

– Está gostoso querida?

– Sim! Muito minha senhora.

– O pau dele não é uma maravilha?

– Sim, é maravilhoso, eu acho que vou gozar senhora.

– Isso, goze, assim será mais fácil meter neste seu rabinho.

Darling gozou, Lucas ainda se segurou.

– Querida, deite de bruço – mandou Justine – amor, olha só isso – Justine abriu a bunda da menina exibindo o rabo rosado – olha que maravilha, ela esta toda limpinha, eu preparei tudo pra você. Não quer meter ali?

– Quero sim!

Lucas olhou para Justine, a puxou para si num beijo quente e profundo. Se olharam, ela sorriu, e ele começou a chupar o rabinho de Darling. A moça gemia, queria rebolar, estava incrivelmente lambusada que Lucas resolveu arriscar sem o gel.

– Ok! – acenou para Justine que se levantou e foi para junto da moça.

– Agora relaxe meu anjo, apenas curta o momento.

Lucas começou a penetrá-la devagarinho, tentava entrar e saia, tentava entrar e saia, aos poucos sentia a cabecinha passar. Os olhos de Justine brilhavam, ela pegou o vibrador que guardava no criado-mudo e penetrou em si, ela gemia, Lucas gemia, Darling gemeu mais forte, o pau entrou, todinho, vai e vem, vai e vem, Darling começou a gostar.

– Que delicia! Que delicia! Que pau gostoso – dizia Darling – se eu soubesse que era bom, ah se eu soubesse… Mete, mete nele senhor, me faz jorrar.

Todos estavam entrando no ápice, Lucas tirou o pau, puxou a camisinha e jorrou porra naquela bundinha empinada.

Justine que gozou com o vibrador, deitou ao lado de Darling acariciando sua suculenta bunda, passou os dedos sob a porra e provou o gosto do mel. Lucas se retirou e foi tomar banho. Ao voltar, as duas dormiam como anjos.

– É, essa garota é gostosa mesmo… Quem sabe posso deixar Justine tê-la como seu novo brinquedinho.

Ele colocou um pijama e foi para a cozinha, pois estava faminto.

 

*Imagem retirada do Google Imagens.