RSS Feed

Monthly Archives: Novembro 2010

Auto-Flagelo: superação

Não é fácil estar só na calada da noite e sentir um desejo descontrolado de ver o sangue correr, aquela tristeza, aquela solidão, aquele desespero. Muitos vem aqui pedir ajuda pra amigos, namoradas(os), você tem sorte de ter alguém que se preocupam com vocês.

Geralmente eu levo bronca, e olhares de desconfiança sempre me perseguem, usar um estilete pra cortar uma cordinha foi o motivo do meu pai me olhar torto mais de uma semana, só porque ele o encontrou na janela do banheiro.

Há algum tempo não me corto, tenho resistido as tentações, e apesar de ser difícil, é melhor assim, eu cansei das marcas, vocês não?

As pessoas me perguntam sempre: o que fazer?

Eu, bem, eu não sei, não sou psicóloga, sou apenas mais um de vocês, mas que buscou ajuda, e penso que devam fazer o mesmo, se manter fortes e se não houver motivos pra continuar, seja você seu próprio motivo, procure algo pra fazer, se distraia, corra das tentações!

E se você acha que é o único no mundo e que tem motivos de sobra, hoje li sobre a cantora pop Demi Lovato, que foi internada em uma clinica de reabilitação para tratar de distúrbios alimentares e automultilação. E ela parece ter motivos para isso? Eu pensava que não.

Há ainda outros tipos de auto-flagelo, não somente aqueles que vimos até agora, mas também, o próprio distúrbio alimentar, o masoquismo, auto-piedade, entre outras formas que podem até mesmo não ser provocadas por dor física, são consideradas auto-flagelo.

Bem, só me resta dizer: sejamos fortes!