RSS Feed

Monthly Archives: Junho 2008

Parada da Diversidade em Curitiba/PR

<!– @page { margin: 2cm } P { margin-bottom: 0.21cm } –>

Se não fosse pela chuva, que causou uma tremenda gripe nesta que vós escreve, a parada teria sido um sucesso maior do que me pareceu.

Cerca de 140 mil pessoas estavam lá para participar, apoiar ou para ver as exuberantes “drag queens”. Pais com filhos ainda crianças, no meio da multidão, não sentiam medo e nem vergonha de mostrar que devemos respeitar a opção sexual que cada um escolhe para si.

Vi até uma mulher acompanhada do filho e vestida em uma camiseta que continha estas palavras: Meu filho é gay!

Legal saber que a homossexualidade não era uma doença ali. Havia respeito, não havia brigas, apenas o amor circulava ali ao meu redor.

Confesso que me decepcionei por ser minha primeira parada, mas me decepcionei foi com São Pedro que não cessou com a chuva. As plumas e paetês já não eram mais os mesmos, porem o glamour ainda reinava em alguns lugares daquela imensidão.

Diga não a homofobia! Respeite o próximo, tenha amor pelo próximo. Se você não é a favor de algo, guarde para si e não ofenda as pessoas, pode haver algo em você que ninguém goste e mesmo assim a respeitam.

Incrível como a globalização entrou na mente das pessoas e elas evoluem a cada dia que passa, e mesmo assim, estas mesmas pessoas, que se dizem modernas, teimam em atirar a pedra no primeiro homossexual que vêem. Isso é puritanismo, que eu prefiro chamar de falso puritanismo, pois quem nunca pecou que atire a primeira pedra, e isto nunca ocorrerá, pois todos nós já nascemos do pecado original.


Não vejo a pessoa ser gay ou lésbica como uma escolha e sim uma tendência que já vem do útero, sim eu creio que as pessoas já nascem para serem assim, porém acho que os bissexuais são escolhas feitas. Se eu estiver errada, me corrijam, porém esta é minha opinião!


Nascemos com o livre arbitro, porque então as pessoas teimam em querer manipular nossas vidas? Se um pai descobre que seu filho é gay, ele fará questão de forçá-lo a ser mais MACHO! O que eu acho ridículo, obrigar alguém a ser aquilo que não é!


Viver de aparência? Pra que!? Assumam-se! Temos de provar que ser homossexual ou não, não muda caráter de ninguém. Uma pessoa bem criada, com princípios não será marginal só porque escolheu ter como parceiros pessoas do mesmo sexo.


Vamos levantar nossa bandeira, sejamos gays, lésbicas, transexuais, bissexuais ou até mesmo simpatizantes da causa!


Por que todo mundo diz que ver duas mulheres se beijando é um tesão, é bonito e ver dois homens é bizarro ou nojento? Eu confesso que me assustei quando vi pela primeira vez dois belos rapazes dando um beijo cinematográfico na minha frente, mas logo depois de ver o segundo casal gay eu me acostumei e achei “fofo” o carinho que um demonstrava pelo outro. Então qual seria a diferença? Só porque duas mulheres são motivos de fetiche!? Isso é hipocrisia!


Deixamos o puritanismo hipócrita e falso de lado e tratemos estas pessoas pelo que elas realmente são: PESSOAS, SERES HUMANOS!


Chega de violência, chega de humilhação!


E mais uma vez: ABAIXO A HOMOFOBIA! VIVA A LIBERDADE SEXUAL!


Beijos a todos,


Freak Butterlfy.

Porque os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor?

<!– @page { margin: 2cm } P { margin-bottom: 0.21cm } –>

Sempre tive a grande curiosidade de ler o livro, mas ainda não tive a oportunidade, pois estou lendo vários livros ao mesmo tempo e com o termino do semestre em comunicação social, as provas me “empacarão” a leitura.

Mas hoje peguei emprestado de uma colega de pensionato para dar uma breve folheada. Foi divertido, recomendo que toda mulher e principalmente homem deva ler este livro como forma de aprendizado. Não gostariam de compreender as mulheres? Então, ai esta a oportunidade. Este livro fabuloso escrito por Allan e Bárbara Pease, conhecidos mundialmente por seu trabalho nas áreas de relacionamento humano e linguagem corporal.

Está deveria ser uma leitura obrigatória para qualquer casal, ou para aqueles que desejam obter um relacionamento.

Escolhi uma frase do livro que gostei muito para dar-lhes hoje:

As pessoas apaixonadas são mais saudáveis e resistentes a doenças. O amor faz bem à saúde.”

Então lhes digo, amem, como se não houvesse o amanhã, mas saiba que o sol irá nascer e não esqueça que pessoas têm sentimentos e promessas foram feitas para serem cumpridas, não são como regras, que desejam ser sempre quebradas.

Viva intensamente seus desejos e lembre que não se deve plantar sentimentos se não deve colhê-los futuramente.


Beijos,

Freak Butterfly.

Perversão Infantil – Diga NÃO a Pedofilia!

É não é só de sexo que eu sei falar, mas também sei falar das conseqüências que muitas vezes o sexo pode levar.

Uma vez estava conversando com um amigo sobre as garotinhas de 13 anos, vimos que estas garotinhas não são as mesmas garotinhas de 13 anos da minha era, e olhe que nem sou tão velha assim irei completar 24 anos dia 02 de julho. Então, comecei a fazer uma analise de o porquê de tanta precocidade, e então eis que olho para a televisão e vejo uma garotinha de 8 anos com trajes de características adultas como, saias curtíssimas dançando axé e rebolando vulgarmente e os pais aplaudindo.

Agora me diga o que se passa na cabeça destes pais para colocarem suas crianças em meio a toda esta baixaria? Sem contar a vulgarização que estão promovendo na imagem de suas próprias filhas, eles mesmos abrem brechas para marmanjos pensarem besteira e também a praticar barbaridades.

Vamos rever as crueldades que estão acontecendo nos últimos tempos, pai molestando filha ou filho, padrasto estuprando enteada ou enteado, padres molestando e abusando de garotinhos… A situação piora a cada dia que passa e muitos já não se sentem seguros em deixar seus filhos em creches, escolas ou com babás.

Hoje há mulheres, sejam separadas ou mães solteiras, sentem medo de se unir a alguém pela segurança de seus filhos. Um exemplo é meu lar, ele se desabou e cada um seguiu seu rumo, sei que minha mãe tinha receio que algum namorado dela não tivesse respeito por mim ou meu irmão, o mesmo digo do meu pai, que sempre nos questionou para saber como eles nos tratavam. Sei que minha madrasta pode ter tido o mesmo receio em relação a meu pai, já que ela tem três filhas, mas ele sempre respeitou e as trata como trata a mim e meu irmão.

Eu não tenho filhos ainda, mas já tenho uma sobrinha, que esta crescendo rapidamente e apesar de ser apenas um bebê, já sinto medo de tudo e todos, pois não quero que aconteça com ela e com ninguém coisas que leio nos jornais todos os dias.

Outra coisa é que muitos dos pais têm culpa. A menina mal saiu da fralda e já está usando roupas curtas, sapatos com saltinhos entre outras coisas, além de deixar as crianças andar pelada por tudo quando é lugar. Sei que são crianças, mas nunca se sabe quem está por perto e a cabeça de muitas pessoas.

Meninas de 10 anos com maquiagem, mini-saia e saltinho. Sim! As sandálias de crianças já têm salto! Isto é absurdo! Eu usava sapatinho de boneca e vestidos de babados e elas usam mini-saias. Claro que os tempos mudam que tudo se atualiza, porém, temos de proteger nossas crianças desde pequenas, ensinarem a elas os pudores, eu sou contra puritanismo, mas acho que tudo tem sua hora e seu momento. Quando for à hora delas amadurecerem, que estejam preparadas. Tudo tem seu tempo, e criança é para ser criança.

Sou mesmo contra estas pessoas cheias de pudores, mas digo sempre isto em relação aos adultos puritanos, porque ninguém é puritano, no maximo é falso puritano, estes eu critico mesmo, pois sei que vivem me criticando pela minha escolha de vida. Mas quando se trata de criança eu viro o bicho!

Ano passado em Porto Velho houve um caso de barbarismo. O padrasto estuprou um bebê de 2 anos de idade. Pensem 2 anos de idade!!! O que um homem pode ver em um bebê de apenas 2 anos de idade? Nada! Como uma pessoa sente desejo por um bebê? A criança não sobreviveu, pois seus órgãos foram massacrados, e digo, quando li sobre sua prisão uma crueldade insana tomou meu pensamento e podia ver em minha mente o que ele iria passar na prisão, todos conhecem a lei no presídio, bandido não gosta de estupradores, muitos viram bonecas, mas este não durou muito, foi cruelmente estuprado e morreu. Fiquei feliz com a noticia.

Outro caso foi de uma garotinha de 5 anos que estava brincando na rua e passou um homem, a carregou para o meio do mato e a estuprou de tal forma que a vagina e o ânus de tornarão apenas uma cavidade. Como uma criança desta irá crescer? Com medo de tudo e todos. Deste infelizmente não obtive noticias, mas espero que tenha tido o mesmo fim do anterior. Afinal sou a favor da Lei de Talião, olho por olho, dente por dente.

E isto não é só lá, é em qualquer lugar do país, do mundo. Na Polônia o pai prendeu a filha no porão durante anos e teve sete filhos com ela sem que alguém soubesse, isto é uma abominação!

Vamos criar consciência e cuidar de nossos primos, primas, irmãos, irmãos, enfim de nossas crianças. Se você suspeita de algo, denuncie.

Mães, não se silenciem! E digo mesmo aos vizinhos, se suspeitar de algo, não fique de bico calado, foi pelo silencio que muitos se perderam.

A pureza das crianças e algo tão esplendorosa, a infância é a melhor fase da nossa vida, faça com que a dela também seja.

Podem dizer que homossexuais são pervertidos, que a sociedade BDSM é algo doentio… Mas doença realmente é a pedofilia, que cresce a cada dia, e que talvez, sem intenção os pais ajudem a provocar tais atos, pois deixam as crianças maliciosas, vulgares e despudoradas.

Criança tem que ser criança!

Freak Butterfly.

Bissexualidade – Libertinos do século 21

A sociedade julga como desvio, alguns até mesmo como safadeza, outros dizem que por causa de nós a AIDS se proliferou mais rápido, mas há algumas poucas pessoas como eu que simplesmente vêem como seres normais.

Não vejo como desvio, nem como doença, nem nada destas bobagens atuais, eu penso mais além. Nós bissexuais sentimos atração por pessoas de ambos os sexos, normalmente temos a mente mais aberta, mais ampla, talvez seja o desejo de explorar tudo o que nos é oferecido.

Em uma comunidade sobre “bi”, vi um tópico, “por que fazemos melhor?”, entre várias resposta a que se repetiu por várias vezes foi: “Porque fazemos em dobro.”

No prólogo de “O Libertino” onde o poeta John Wilmont se define, ele diz que satisfaz tanto homens como mulheres. Por este aspecto, eu e muitos outros poderíamos nos considerar também libertinos, eu sei que nós conseguimos realizar os nossos e os desejos de outros, mas muitos homens e também mulheres não realizam sequer seus próprios. Então, em uma época onde a solidão rodeia muitos e está cada vez mais difícil encontrar alguém para compartilhar nossa vida, ou seja, uma pessoa do sexo oposto. Podemos dizer que tem lá suas vantagens, pois o “mercado” se duplica.

 Um Certa vez um colega me perguntou se uma garota “bi” conseguiria viver apenas com o sexo oposto. Esta é uma pergunta que realmente não soube responder, não sei como é para a grande maioria, mas conheço muitas meninas que conseguem manter uma relação comum com um homem e ser fiel a ele sem ter a brusca necessidade de buscar pelo mesmo sexo, mas claro que como qualquer ser humano, terá uma hora que ela vai sentir falta (ou não, mas muitas que conheci, assumirão sentir) e em alguns casos elas propõem ao namorado que assistam suas aventuras outra mulher, como vouyer, assim não perderão as vontades e ainda realizam o sonho dos cuecas de verem duas mulheres transando.

Acho que o que fascina os bissexuais no sexo é: ele(a) conhece todos os pontos que o excitarão.

Porém a bissexualidade passou de uma opção sexual para uma “modinha” extremamente ridícula, os EMOS. Sim, eles mesmos, meninos e meninas que adoram expressar seu amor uns aos outros beijando na boca e se agarrando. Penso que isto sim é um desvio de personalidade, ou falta dela, pois quando isto tudo passar, eles irão continuar nesta vida ambígua?

Eu sou totalmente contra a homofobia e acho que deve haver respeito a todos, independente da opção sexual que cada um escolheu para si.

Gostar de ambos os sexos não é uma aberração, desde os tempos mais remotos já existia isto, podemos ver na Grécia antiga, na França poética e decadente de séculos atrás e quem sabe até em épocas mais antigas.

Sendo sincero, havendo carinho e respeito, não há mal algum em amar a todos, não somos uma doença, não pertencemos a um “Freak Show”, acho que devemos parar de julgar certas escolhas e olhar o que há de realmente errado a nossa volta. O caos que o mundo vive! Crianças sendo mortas dentro de casa, assaltos, estupros, pedofilia e as coisas que a “santa” igreja esconde de nós. Todos somos pecadores, pois segundo ela, já nascemos do pecado.

Onde está nosso livre arbítrio?

Respeite o próximo se você deseja ser respeitado.

Freak Butterfly.

Como Fazer sua Garota Feliz!

Bem, eu já disse, porém não em canso nunca de repetir, faça sua garota gozar e seja muito feliz.

Assistindo ao Cathouse um tempo atrás, vi garotas ensinando os homens a dar prazer a suas mulheres, depois eles passam por uma provinha para saber como se saíram.

Duas garotas mostram aos rapazes como tocar o ponto G e o que fazer para a mulher chegar ao orgasmo.

Então vamos lá!

Vou lhe dar as dicas (novamente, para que nunca se esqueçam):

1 – Com a mulher deitada e relaxada, acaricie seu clitóris com a língua, eu vou repetir o clitóris não foi feito para morder nem “chupar” e sim lamber mesmo. A outras atitudes podem prejudicar sua performance, pois, pode machucar e esfriar a excitação da moça. Então lamba, lamba muito acaricie com sua língua, pode dar a ela sugadinhas, mas de leve. Tudo que é afobado se tratando da preliminar clitóriana prejudica na excitação da mulher.

2 – Você esta lambendo e fazendo-a gemer? Penetre os dedos indicado e médio na vagina sempre indicando o céu, pois o ponto G esta no “teto” da cavidade vaginal. Ali também é sensível então não seja afobado e esfregue o ponto G como quem esfrega o dedo no jeans para queimar o ter-sol, vá de maneira suave até ela implorar para que seus dedos agilizem. Faça isto enquanto a chupa.

3 – Estimule-a a brincar, dê a ela um vibrador e preste a atenção onde ela gosta e como ela gosta de se tocar isso pode ajudá-lo a aprender mais sobre sua parceira, não se sinta constrangido se depois de comê-la ela quiser brincar mais um pouco com o vibrador, isso não quer dizer que você foi ineficiente, mas que ela busca um pouco mais, nem sempre o cara satisfaz a moça logo de cara, para o homem chegar ao orgasmo é muito mais fácil do que uma mulher, por isso eu indico estimulação oral e do ponto G, nem sempre a penetração nos faz feliz (o que é uma pena).

O ponto principal de tudo isso não é o “G” e sim o “D” de dialogo. Quando se tem dialogo em uma relação, muitas coisas ficam esclarecidas e muitos problemas podem ser resolvidos. Converse com ela, faça ela se sentir a vontade nua diante você, diante de si mesma, faça ela se masturbar para você sem ficar constrangida com o ato. Deixe-a se sentir segura, isso lhe dará inúmeros pontos e muito prazer no final.

Eu espero que meus textos sejam esclarecedores e úteis!

Beijos e orgasmos,

Freak Butterfly.

E vamos a festa!

Oi Pessoal!

Bem, desta vez vim aqui pra fazer um comunicado, dia 25 (quarta) será minha festinha de aniversário e também meu bota fora (aliás vai começar dia 25 e terminar dia 11 rs), então gostaria da presença de todos os amigos Curitibanos lá!

Como a maioria já sabe, por problemas de família estou de partida desta cidade que de um jeitinho estranho me conquistou!

Sentirei falta dos amigos que fiz e das baladas que frequento…

Mas… Quem sabe um dia eu volte!

Lembretinho: dia 05/07/2008 estarei no site Oceania Rock (uma rádio rock on-line) como colunista, conto com o apoio de todos vocês!

Espero ve-los dia 25!


Sim, eu escrevi coisas novas e amanhã atualizarei… Sabe né… Semana de provas!


Beijos


Freak Butterfly

Lollapalooza – O Brasil está nele!

Oi pessoal, vim aqui para pedir a vocês uma forcinha a uma banda querida chamada Os Flutuantes.

Esta banda gaúcha está representando o Brasil no Lollapalooza – Last Band Standing 2008, e acho que nada mais justos do que votar neles e ver uma banda da nossa terrinha reconhecida lá fora.

O que é o Lollapalooza? É um festival de música itinerante norte-americano que apresenta bandas de rock alternativo, rap e punk rock, além de shows de dança e comédia. Organizado por Perry Farrel, vocalista do Jane’s Addiction, o Lollapalooza realizou-se anualmente até 1997, tendo sido novamente produzido a partir de 2003. O festival representava a cultura jovem dos anos 90 à semelhança do Woodstock para os anos 60. (Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Lollapalooza)

Os Flutuantes entraram na seleção do ano passado e agora vai de nós votarmos neles. Para isto é muito simples.

Entre neste link:

http://www.sonicbids.com/lollapalooza08/BandProfile.aspx?candidate_id=4169

Vá em vote, você só vai precisar colocar seu e-mail e o código de segurança do site, depois chegará um e-mail para confirmação, simples!

Lembrando que a primeira etapa termina domingo dia 22.

Para saber mais sobre a banda acesse:

http://myspace.com/osflutuantes

http://br.youtube.com/watch?v=-pHRhibNYe0

http://br.youtube.com/watch?v=p85uY7EL-T4&feature=related

http://br.youtube.com/watch?v=ekW7rRT_zVA&feature=related

http://br.youtube.com/watch?v=T9c95rb8Nio&feature=relate

Conto com a forcinha de vocês!

Bom voto,

Freak Butterlfy.