RSS Feed

Tag Archives: penetração

O melhor amante

Para começar este texto, acho fundamental dizer (novamente) que não se deve pular as preliminares, elas são fundamentais para aquecer sua parceira, sem elas, muitas mulheres não conseguirão chegar ao clímax. Por isso, mesmo que seja uma rapidinha no meio do dia, invista nas preliminares orais, como torpedos, e-mail, um telefonema, palavras também podem ser preliminares excitante para aquela famosa rapidinha.

Você sabia que o beijo na boca é crucial para sua popularidade? Muitas mulheres percebem através do beijo se o cara é ou não bom de cama, uma dica é: nada de beijo babado! O beijo deve alternar entre a gentileza e a pegada selvagem. Mas não é só de beijo na boca que elas gostam, orelhas, pescoço e dobrinhas do corpo são estimulantes. Invista em desvendar o corpo da sua parceira.

Não pense que comprar óleos é um dever somente dela. Tenha um kit com lubrificante para transar na água, para brincar com a temperatura, massagear e retardar a ejaculação. Use-os para brincar, seja criativo.

Se você é daqueles que acha que as mulheres buscam horas intermináveis de sexo, tire seu cavalo da chuva, não dê uma de sabichão querendo mostrar a ela seus dotes do Kama Sutra, as mulheres buscam carinho, atenção, prazer, isso não quer dizer “horas”, pois a lubrificação vaginal vai diminuindo e a penetração acaba se tornando incomodo, então preste mais atenção nos gestos e no que sua parceira diz, e se por algum momento ela disser: “Goza pra mim”, ou algo assim, é porque já deu no que tinha que dá.

Quando mencionei acima que não buscamos horas de sexo, também não quero dizer que queremos apenas rapidinhas, queremos sim qualidade e não quantidade, então experimente dar uma pausa na penetração para fazer sexo oral, e depois retorne a penetrá-la.

Elogie-a, mas não exagere, todas as mulheres adoram receber elogios, mas vá com calma, se não ela poderá achar forçado.

Explore a vagina dela, a jornalista Kate Taylor, colunista da revista GQ e autora de O guia do Bom Orgasmo, ensina alguns métodos:

  • Segure os lábios abertos com uma mão e com a outra friccione gentilmente seu clitóris. Quando os lábios estão bem esticados, a sensação é intensificada;
  • Varie segurando a parte de cima do clitóris entre os dedos indicador e médio, acariciando-o para cima e para baixo;
  • Tente achar o tal do polemico ponto G: introduza dois dedos dentro da vagina dela e dobre-os em direção à parede vaginal perto da barriga. Cerca de 3 a 4 centímetros acima há uma área de pele de aspecto esponjoso, mais ou menos do tamanho de uma moeda de 25 centavos. Esfregue-a de leve com um movimento de “vem aqui”;
  • Lamba os lábios vaginais para cima e para baixo e depois gire a língua úmida e esticada por toda a vagina.

 

Presenteia com lingeries, fantasias, brinquedinhos, vibradores, estimule-a a gostar, de a ela livros eróticos, isso pode elevar a criatividade dela.

Saiba que tudo que fizer será recompensado, mulheres satisfeita são mais propicias a retribuir sexualmente. Como já diz o ditado: “é dando que se recebe”, pense nisto e seja o seu amante. De a ela momentos inesquecíveis, dos quais você também não irá se esquecer.

 

Freak Butterfly.

Cuninlingus – Torne-se inesquecível

guthier03rq9

Este assunto foi debatido aqui dezenas de vezes, mas não custa nada repetir para que nunca esqueçam: sexo oral para uma mulher pode valer muito mais do que o convencional.

Todos sabem que: nem todas as mulheres alcançam o orgasmo através da penetração, então para não repetir os mesmos erros de outros, vamos repassar alguns passos importantes que você nunca deve esquecer.

O clitóris é um interruptor de luz que você liga e desliga, então ficar esfregando a região não estará lhe dando prazer, e sim incomodo.

O clitóris é extremamente sensível, então deve ser tratado como uma jóia delicada. Por isto qualquer movimento brusco pode causar irritação.

Comece com toques delicados, que tal iniciar seus carinhos pelos pequenos lábios? Quando ela estiver mais a vontade e lubrificação aumentar vá para o clitóris, este tipo de carinho faz com que se torne difícil de uma mulher ficar insatisfeita.

Sua língua é macia e quente, mas os dedos podem ser uma ótima opção, tente isto: posicione entre as pernas e cubra a vulva com a mão e excite-a com o polegar, pressione de leve, lubrificando a área. Uma dica: a estimulação deve ser feita em sentido horário, de nove para as três, alternando de doze para as seis, de acordo com a ginecologista e sexóloga, Marilene Cristina Vargas autora do livro, “Manual do Orgasmo”.

Se o clitóris se encolher, é um sinal de que ela esta quase lá, não pare, explore a vagina sem parar de estimular lá. Você notará o movimento da vulva, ele se contrai varias vezes e para, mas você não ouse parar.

Depois de toda esta excitação, vá fundo, a penetração fica mais fácil, então peça a ela que assuma o controle do clitóris enquanto você se movimenta para estimular o ponto G.

Garanta uma noite prazerosa a ambos. Uma mulher satisfeita fica mais feliz em satisfazer o parceiro e muito mais disposta.

Nunca se esqueça: vá devagar e sempre!

Não morda. Mordisque delicadamente.

Não mastigue, afinal o clitóris não é um chiclete.

Massageie, não esfregue. Machucar pode dificultar a excitação inclusive para que haja penetração.

Comece com lambidas, sugue os pequenos lábios, grandes lábios e parta para o clitóris, peça que ela comande, lhe indique o caminho mais fácil para alcançar o prazer. Muitas mulheres ficam tímidas para falar se estão ou não gostando, então tome a iniciativa e de a ela uma transa inesquecível.

Quanto às garotas que estão lendo, não sinta tanta vergonha de dizer se está ou não gostando, não iluda o parceiro com falsos gemidos e falsas palavras de o quanto está maravilhoso se não estiver realmente. Seja sincera, acima de tudo a você mesma.

 

Freak Butterfly.

 

*fonte: revista Men’s Health