RSS Feed

Tag Archives: leitoras

Pergunte, eu te escuto!

Às vezes há coisas que temos vergonha de perguntar ou desabafar até para a melhor amiga, tenho recebido vários comentários e alguns questionamentos, dentre eles, estou aqui disposta a responder alguns.

Então, vamos por partes:

Juliana (21/09/2008): “EU ADORO USAR LENÇOS NO PESCOÇO TENHO VÁRIAS CORES E TAMANHOS, MAS NÃO SEI DIREITO COMO COLOCAR NA MODA CERTA NO PESCOÇO, GOSTARIA MUITO DE UMA DICA.”

Então querida outra leitora também me pediu a mesma dica, e aqui mesmo neste blog, foi posto algumas, veja em: https://freakbutterfly.wordpress.com/2008/08/17/duvidas-lenco-no-pescocoduvidas-lenco-no-pescoco/

Aninha (29/09/2008): “e quais os tipos de tratamento?”

Bem querida, sobre auto-flagelo é muito complicado, isso primeiramente tem de começar de você querer parar de se punir, depois você reflete o porquê de tal punição, e claro procura um psicólogo que mais a frente lhe encaminhará a um psiquiatra. Os tratamentos normalmente são dois. Primeiro a psicoterapia e segundo através de remédios controlados, assim que seu diagnostico foi dado. Normalmente este ato é conseqüência de uma outra síndrome chamada de Mania que está presente em pessoas Bipolares. Então o que você pode fazer é procurar o mais rápido um psicólogo. Eu também sofro deste problema e sei que temos de achar outras formas de desabafo que não nos cortar-mos vivas. Eu repito, procure um médico, ele irá saber qual tratamento se enquadra no seu diagnostico.

Leia um relato neste site: http://www.hcnet.usp.br/ipq/revista/vol33/n5/272.html certas coisas podem nos fazer refletir.

Luana (25/09/2008): “Ola todo bem…. Tenho 24 anos e nunca senti o tal do orgasmo. Sinto muita dor na hora da penetração quando eu e meu namorado estamos juntos, mas depois não sinto nada é só na penetração mesmo. Tenho desejos, vontades a gente conversa mto ele fica louco pra eu chegar no climax como ele mas não consigo posso tar com mto tesão mas não consigo gozar. Ultimamente tenho me tocado mto qdo to só em casa as vezes acho que to quase lá mas não acontece. Será que vc pode me ajudar?

Abraço”

Um grande abraço pra você também querida! Então isto que você tem se chama ANORGASMIA, ou seja, uma difusão orgástica que se define com a ausência ou persistência do orgasmo. No seu caso Luana é a ausência. Há dois tipos de classificação, no seu caso seria secundária, quando, depois de um período em que era possível para a mulher atingir o orgasmo, isso deixa de acontecer, independente da forma da relação ou masturbação. Quanto à dor na hora da penetração, pode ser falta de estar realmente relaxada, pois excitada é uma coisa, relaxada é outra. Esta que vos escreve sente a mesma coisa, então não entre em pânico, você não é a única. Os motivos da dor na hora da penetração pode ser vários, como disse, por não estar totalmente relaxada, ou também por sua cavidade vaginal ser estreita, o que não é anormal. Procure usar lubrificantes, eles ajudam a diminuir a dor na penetração, agora se a dor também está presente durante o ato, isto é DISPAREUNIO. No caso da penetração pode ser também VAGINISMO, que é a contração involuntária da vagina ou anus. Preste atenção nos detalhes e procure um ginecologista.

Uma dica é: PARE DE ESPERAR O ORGASMO CHEGAR! Isto lhe deixa preocupada e não a deixa relaxar para senti-lo. Apenas relaxe, não fique na expectativa, quando menos esperar ele vem, diga o mesmo ao seu namorado, pois ele quer tanto lhe dar um orgasmo que muitas vezes sem querer, lhe pressiona e você mais uma vez fica tensa.

RELAXA E GOZA MINHA AMIGA!

Você consegue, tente com um vibrador, eles são mais rápidos que os dedos. Qualquer coisa tente umas praticas deste artigo: https://freakbutterfly.wordpress.com/2008/08/19/segredos-da-china/

Kaotik2003 (27/09/2008) achei muito válido você seu comentário sobre o artigo: https://freakbutterfly.wordpress.com/2008/07/27/relacionamentos-%E2%80%93-namoradas-problematicas/

Realmente, é incrível como há pessoas que queiram ser desta forma. Se você precisar de apoio pode contar. Bipolaridade é algo sério, e deve ser tratado como tal e não uma modinha adolescente.

Bem pessoal é isso ai, qualquer dúvida, qualquer pergunta, é só mandar que estou disposta ajudar no que estiver ao meu alcance. Meu e-mail: poliszanini@hotmail.com

Agradeço a todos que estão sempre aqui e me apóiam, sem vocês este blog não aconteceria. Esta semana fique ligado, muito mais há por vir.

Freak Butterfly.