RSS Feed

Tag Archives: depoimentos

Sexo no primeiro encontro – Assuma os riscos

casal

Quem nunca se perguntou se transar no primeiro encontro é certo ou errado que atire a primeira pedra!

Bem, acho que não fui apedrejada, então vamos seguir em frente.

Uma noite desta me questionei sobre o seguinte assunto: o que o cara pensa de nós, mulheres, que transam no primeiro encontro.

Sem pensar muito tempo sobre o assunto, decidi perguntou a única pessoa que poderia me responder, o homem que eu dividia a cama no exato momento do meu conflito interno. Certo que nunca dei tanta importância para tais questões, já que não sou de sair por ai “dando” pra qualquer um (ao contrário do que muitos pensam, sou seletiva, chata e não ligo no dia seguinte), mas quando sente que algo a mais poderia rolar entre vocês, uma transa assim poderia estragar algo futuro.

Sem pensar muito ele logo me respondeu o seguinte: “Não tenho nada contra (como se algum homem pudesse ter algo contra uma mulher que está preste a lhe proporcionar prazer), acho que mulheres que fazem isto são decididas do que querem, e se fazem é porque sentiu algo, alguma atração pelo cara (isso é fato, mas há aquelas que fazem por diversão mesmo, mas que são decididas do que querem não!) e me sinto privilegiado por estar ser escolhido (bem, como eu sempre digo: o cara já vai “comer” então pra que continuar mentindo?). E então moça, quando vai escrever sobre isto?”

Claro, agente já havia feito um resumo de nossas vidas antes de estar ali e a esta altura ele também sabia que eu escrevo sobre “comportamento”.

Mas voltando ao caso em questão, o fato é que muitos homens já não se importam mais com isso, este é um tabu antigo que esta sendo rompido, como o sexo casual. Mas para muitas mulheres a pergunta nunca cala: o que ele pensará de mim?

Primeiramente: se esta com vontade, não se iniba, mas assuma os riscos desta aventura, tais como:

  • Ele pode não ligar no dia seguinte, nem na semana, no mês seguinte, talvez você nunca mais nem o veja, são riscos que todas estamos correndo;
  • A culpa, talvez no dia seguinte você se sinta culpada e com arrependimento. Não fique se martirizando você não é a única mulher na terra a cometer estas gafes;
  • Ele pode sim se apaixonar e você perceber que não estava tão afim. Vocês podem não acreditar, mas há homens que realmente se apaixonam depois de uma noite repleta de prazeres que você proporcionou a ele.

Perguntei a alguns homens o que eles pensam da mulher que topa transar no primeiro encontro:

 

  • “Penso nada baby se a vibe ta boa ali porque não transar no primeiro. Uma hora ou outra vai transar, qual a diferença de não transar no primeiro e transar no segundo?” (V.F., 27 anos, São Paulo-SP);

 

  • “Então como diria Einstein tudo é relativo. Dependendo do encontro, da mulher, em geral o tema pra mim não tem nada de mais. Juro! Eu já namorei uma menina por mais de um ano e tivemos transa no primeiro encontro” (P.N. 23 anos, Rio de Janeiro-RJ);

 

  • Não é nada demais, nada demais mesmo. Dar ou não dar.” (P.S., , 44 anos, Rio de Janeiro-RJ);

 

Bem garotas estão são algumas opiniões. Se você sente desejo e não vê nada de errado nisto, vá em frente, mas não faça disto uma brincadeira, todos devem impor limites para qualquer situação, mesmo porque a sociedade ainda é machista e “podre”, é muito fácil julgar nós mulheres por seguirmos nossos instintos, enquanto o macho “comedor” sai ileso dos seus “vacilos”.

Lembre-se: Camisinha sempre! Não caia no conto do vigário de que: “é só com você que ele faz isso”. Cuide da sua saúde em primeiro lugar e divirta-se (com moderação). Como disse um caro amigo: “Você só precisa ser seletiva, senão os palhaços colocam teu nome da pista, o que é a única coisa que incomoda as mulheres.”

Para os homens: como eu já disse uma vez, quem come quieto, como muito mais. Quem se vangloria de suas façanhas sexuais fala demais e pouco tem, ou acaba pendendo o mínimo que lhe resta.

 

Freak Butterfly.

Tatuagem, por um grito de liberdade!

Foi-se o tempo que tatuagem representava delinqüência. Hoje ela carrega vários significados e também um grito pela liberdade de expressão artística corporal.

Neste final de semana a cidade de São Paulo será palco para um dos eventos mais esperados do ano por tatuadores, a Convenção Internacional de Tatuagem (Leds), que durante 12 anos luta pelos direitos dos tatuadores e piercer, para que possam mostrar seu trabalho e vários outros tipos de artes que se conectam nesta cultural pós-moderna.

Este ano, cerca de 140 expositores estarão presentes no Espaço das Américas das 12 às 22 horas nos dias 17, 18 e 19. Há um outro artigo, mais antigo com detalhes deste mega encontro de profissionais e amantes da arte.

Mas o que realmente quero dizer aqui é, o preconceito ainda é muito presente entre os tatuados e não-tatuados.

A liberdade de escolha é nossa, mas não impede que outras pessoas tenham pensamentos errados sobre nós.

Há muito tempo tatuagem era sinônimos de delinqüência e rebeldia, presidiários, gangues e mafiosos usavam da tatuagem para se identificar.

Porém há uma grande diferença nisso tudo, as tatuagens de hoje são artísticas, são simbólicas, e muitas vezes uma homenagem a alguém que amamos como nossos pais e família.

Hoje podemos ver em programas como Miami Ink, Los Angeles Ink, Inked e em poucos dias Rio de Janeiro Ink, o porquê da tatuagem, o que leva as pessoas a fazer algo que não sai da pele, bem, até sai, mas o preço a se pagar pela retirada chega a ser o triplo da paga por fazer, então tatuagem também requer uma analise profunda de: “porque quero este desenho?”, “o que ele significa para mim?”, ´”é isto mesmo o que eu quero?”, “e quando eu envelhecer?”. Há uma serie de perguntas a ser feitas, devemos pensar e repensar para não se arrepender. Se você tem certeza, vá fundo.

O maior preconceito hoje com tatuagens é na questão trabalho!

As pequeninas e delicadas até passam desapercebido, mas tatuagens grandes e chamativas fazem com que muitos de nós sejam repelidos da vaga de um emprego por ser-mos pré-julgados.

Tatuagem não muda caráter muito menos faz uma pessoa incapaz para cumprir seus deveres.

Vejamos alguns depoimentos de pessoas com e sem tatuagem, foi feita a seguinte pergunta para ambos os tipos, “O que significa tatuagem para você?”:

· Uma marca definitiva para alguém que muda constantemente como eu, é complicado, então, tattoos são uma forma de expressão. Algumas tem expressões que eu concordo, outras tem expressões que eu não concordo, mas não se pode julgar alguém pela sua comunicação ou por sua arte.” (Guetoblaster, 43, Never Land, Fotógrafo, não tatuado)

· Criatividade, arte e o fato de sempre querer ser diferente!” (Enka, 24 anos, Guarulhos, balconista de farmácia, tatuado)

· “Bom pra mim e forma de expressão, vontade, liberdade, para nos mulheres sensualidade para com os homens, tattoo e modo de vida faça o q te der na telha, isso sim, arte de imaginação. Uma arte como qualquer outra (mesmo sendo vista pela sociedade modo de rebelde), mas estamos aqui pra mostra que não e nada disso, tatuagem piercing e arte como todas as outras e isso que basta.” (Samantha Freitas, 21 anos , Curitiba, estudante de direito e body piercer, tatuada)

· É a representação gráfica do sentimento registrado na pele do individuo a partir daquele momento.” (Alez Porn Graff, no mundo desde 74, Rio de Janeiro, desenhista gráfico, não tatuado)

· Pra mim é uma forma de exteriorizar um pensamento ou fase, uma convicção, no meu caso eu tatuei um pássaro, pois queria justamente ter asas, alçar vôo e amplificar minha vida, ter um lembrete disso no meu corpo q pode ser visto todos os dias me ajuda a lembrar quem sou eu e o que preciso. Pra mim a tattoo serviu como processo de auto-cura, subconsciente, quando decidi q precisava aprender a voar sozinho, e usei a tattoo também como rito de passagem de fase quando terminei um relacionamento no fundo, é tudo ritualístico. Pretendo fazer mais pássaros quando eu achar que mereci tê-los e tiver conquistado o suficiente pra isso, tipo tattoo como uma recompensa.” (Augusto M. Fly, 25 anos, São Paulo, Designer, tatuado)

· “Geralmente para um tatuador representa trabalho, mas é a arte que me identifico entre todas, pois é algo que levamos para todo lugar, obvio, e pela característica do desenho é que você enxerga a personalidade de um individuo, infelizmente vivo em um lugar onde tattoo não é encarada como arte no geral e sim por questão de vaidade talvez.” (Jommar, 39, Porto velho, Tatuador e tatuado)

· Tatuagem e antes de tudo uma forma de expressão corporal. Uma forma de mostrar seus pensamentos desenhados na sua pele. Uma resultante da cultura que impacta na vida da pessoa. por muitos anos foi vista como um sinal para identificar pessoas criminosas, ou simplesmente que não eram “do bem”, mas o mundo mudou, e hoje é visto como arte. é amplamente aceito pela sociedade. na minha visão, eu acho bonito e respeito. jamais faria uma. mas isso tem a ver com a minha visão de mim mesmo, mas não vejo nada de errado no corpo de alguém. pelo contrário, acho corajoso quem usa seu corpo como painel de amostra dos seus pensamentos e topa pagar esse preço com a dor. acredito que cada vez mais será normal e isso em breve não será nem notado da forma como era no passado, isso é uma bela maneira de ver que o mundo mudou.” (Douglas Fernandes, 36 anos, São Paulo, Publicitário e não tatuado)

Então galera, antes de julgar, vamos respeitar, este preconceito tem de acabar.

Se você quer saber mais, veja os seguintes links:

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=8493594

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=5406726

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=25274838

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=11900348

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=1572632

http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=280085215652731694

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65596241

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=15713456 (Frrrk Guys)

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=34651416 (Frrrk Girls)

Bem, espero que se sintam informados, e o preconceito com pessoas tatuadas é discriminação, pode dar cadeia e multa.

Freak Butterfly.

*Foto da comunidade “Tatuagem não muda caráter”