RSS Feed

Nunca diga “Eu te amo”

Talvez, mais uma vez, isso vá parecer dor de cotovelo, mas eu estava sentada pensando comigo mesma: é só dizer “eu te amo” que a pessoa foge!

Você já percebeu a força que tem a palavra amor!

É incrível como ela se torna mais forte ainda quando se da em enfeito contrário. Tudo está bem, a mil e uma maravilhas, mas é só usar a palavrinha mágica e POW! Ele (ela) some. A vida anda tão banal que se relacionar com alguém também se tornou uma mera diversão. Como no texto anterior, se há mulheres que buscam a casualidade e não conseguem achar, imagine aquelas que buscam o amor… Encontrar isso hoje em dia é como ganhar ao menos a quina da mega sena, é possível, mas se tornou cada vez mais dificil, pois você não pode ter tudo nesta vida, ou você tem o amor, ou é feliz! Ou você é feliz, e não terás o amor verdadeiro. E não digo só em relação às mulheres, há homens (eu sei são raros) que também buscam isso, uma relação madura.

É muito mais fácil viver em relações sem futuro, longínquas do que entrar de cabeça em algo mais sério, em algo que poderá render um futuro, se arriscar no amor é mais difícil do que se atirar de cabeça na bolsa de valores.

Hoje em dia ninguém se importa com mais nada se tratando de relações, o sexo é o principal para mantê-la acessa, se o sexo um dia “brochar” sua relação também. E o mais engraçado nisso tudo é o medo do compromisso, as pessoas temem mais a palavra namoro do que, por exemplo, “dor” ou “guerra”, não sei talvez se analisarmos o “amor” ele seja tão cruel quando a dor ou a guerra.

A única coisa que posso falar confiante é: não usem essa palavra “amor” como quem pede uma cerveja no boteco. Não diga eu te amo se não sentes. Se não deseja viver. Sendo longe ou perto, sendo possível ou não, apenas não diga. É melhor passar neste mundo sem nunca dizer um “eu te amo” que não fosse sincero, do que sair gritando pelos quatro cantos a qualquer um que vá de coração, acreditar em você.

O amor, esse tal amor, pode ser mais devastador do que uma guerra, doer mais do que tapas. Pois isso pode se tornar uma ferida sem cura.

Há ainda pessoas de coração puro neste mundo, então não tire a única coisa sincera e verdadeira que possa haver nela com uma frase tão mentirosa como esta. E se você amar de verdade, apenas se cale.

Eu te amo agente só diz pra parentes (isso se realmente valer a pena).

 

Freak Butterfly (Poliana Zanini)

About FreakButterfly

Que fique logo claro: não sou sexóloga (apesar de que gostaria muito), também não sou formada em psicologia, sou Bacharel e Adm. Com habilitação em Marketing e agora Bacharel em Jornalismo. Tenho este blog desde meados de 2008, onde comecei a escrever por mera diversão e distração do tédio e solidão que a cidade onde morava até então me proporcionava. Com o passar dos dias, o blog foi crescendo e a vontade de escrever também. Amo escrever e espero faze-lo bem! Não estou aqui para julgar, descriminar ou fazer apologia a qualquer coisa que seja, escrevo do que gosto para pessoas que gostam do mesmo que eu, e se o ofendi, sinto muito, mas basta fechar a pagina. No mais, volte sempre!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: