RSS Feed

Tabus: Masturbação Feminina II

27164

Se você acha que o maior problema da mulher (sexualmente falando) é o ménege à trois ou o sexo anal, saiba que estes tabus não são nada perto da masturbação.

Desde criança ainda na fase genital (segundo estudos de Freud, onde a criança começa a descobrir seu corpo e sempre está com a mão na genitália), os pais repreendem, muitas vezes de forma severa, muitos psicólogos explicam que é necessário que a criança obtenha este conhecimento, para seu próprio desenvolvimento, e os pais nunca devem repreender e sim dialogar com a criança. Estas repreensões acabam gerando uma espécie de trauma, principalmente nas meninas.

Desde pequenas, elas aprendem que o sexo é feio e errado, assim como tocar seu corpo. Já os meninos, são mais, digamos, estimulados a tais praticas mais cedo, para provar a tal masculinidade (de forma desnecessária). Com isso, muitas mulheres crescem sem o interesse em desbravar seu próprio corpo.

Se para os rapazes a masturbação é mais para o próprio prazer, para as moças, ela é sinônimo de descobertas e novos prazeres.

Não se sinta envergonhada em tocar seu próprio corpo, além de prazeroso é saudável conhecer cada parte de nos mesmas.

Este assunto, já tratado anteriormente aqui,veio a tona, pois ainda vejo que muitas moças sentem vergonha de praticar o ato e tentar descobrir onde seu corpo sente mais prazer, o que acaba muitas vezes prejudicando sua vida sexual.

Faça o seguinte exercício sempre que puder:

  • Dispa-se! Vá enfrente a um espelho e admire seu corpo, esqueça qualquer detalhe que a incomoda e admire-se!
  • Deslize suas mais acariciando seu corpo, veja quais lugares lhe da uma melhor sensação, que me excita, fique atenta a cada pequeno detalhe prazeroso;
  • Escorregue seus dedos para a vagina, não tenha medo, se necessário se agache e use um espelho pequeno para olha-la melhor, a acaricie, a estimule e sinta quais pontos, quais lugares você se sente mais excitada;
  • Não tenha medo de penetrá-la com os dedos, descubra seu ponto G, ele será fundamental na sua vida sexual. Para aquelas que desconhecem o seu ainda, faça o seguinte: deslize o dedo como se indicasse o céu, o ponto G é um nervo mais firme, ele é a continuação do seu clitóris, massageie ali e veja o que sente.

Acima de tudo: NÃO TENHA MEDO DOS SEUS DESEJOS, SIGA-OS!

Explore seu corpo sem medo de ser feliz. Saiba também que se masturbar na frente do parceiro pode apimentar a relação. Para muitos homens assistir a parceira se masturbar é incrivelmente sensual e excitante. Então use isto também para esquentar a cama.

Para os rapazes que estão lendo esta matéria, siga algumas dicas para ajudar suas parceiras.

  • Estimule-as a masturbação, mostre o quanto isso o excita e o quanto é bonito o ato do toque. Nunca em hipótese alguma a deixe constrangida, isto pode desencadear novos traumas;
  • As masturbe! Primeiramente esqueça tudo que já assistiu em filme pornô. Esqueça a “esfregação” excessiva e os tapinhas, siga apenas sua parceira, quando ela se sentir a vontade irá lhe indicar onde ela sente mais prazer e o que ela deseja;
  • Seja carinhoso sempre. Se para os homens o prazer vem quase que automático, para muitas mulheres não é assim, por isso tenha cuidado ao toque, não seja bruto, pois o clitóris é uma terminação nervosa muito delicada e qualquer movimento brusco pode machucá-lo, fazendo com que a parceira perca o tesão no exato momento.
  • Acaricie delicadamente, estimule-os entre movimentos horário e anti-horário, seja paciente, valerá a pena.

Estas são algumas dicas que vocês podem colocar em pratica hoje mesmo.

Freak Butterfly

 

Quer mais tuques e sugestões para apimentar a relação?

*Leia: https://freakbutterfly.wordpress.com/2009/02/12/squirting-orgasms-redtube/

https://freakbutterfly.wordpress.com/2008/07/15/os-dedinhos-tambem-fazem-milagres/

*Assista: http://www.redtube.com/8513 o interessante do vídeo é que o casal parece duas pessoas extremamente comuns e amadoras que fazem com que o vídeo seja mais natural.

About FreakButterfly

Que fique logo claro: não sou sexóloga (apesar de que gostaria muito), também não sou formada em psicologia, sou Bacharel e Adm. Com habilitação em Marketing e agora Bacharel em Jornalismo. Tenho este blog desde meados de 2008, onde comecei a escrever por mera diversão e distração do tédio e solidão que a cidade onde morava até então me proporcionava. Com o passar dos dias, o blog foi crescendo e a vontade de escrever também. Amo escrever e espero faze-lo bem! Não estou aqui para julgar, descriminar ou fazer apologia a qualquer coisa que seja, escrevo do que gosto para pessoas que gostam do mesmo que eu, e se o ofendi, sinto muito, mas basta fechar a pagina. No mais, volte sempre!

2 responses »

  1. me sinto meio idiota…
    mas tenho medo…e se der algo errado…e precisar chamar por ajuda…ja pensou q legal seria..?

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: