RSS Feed

Justine: Rompendo Limites (Parte 2)

imkpp-i6an

Aurora se rompeu e o sol invadiu a janela acordando Justine, que ao abrir os olhos logo se lembrou do sonho. Olhou para o relógio e viu que era cedo, ela se levantou sem acordar Marcela, e de ressaca resolveu preparar o café da manhã.

Pouco depois Marcela notou a ausência da amada na cama e se levantou bruscamente, caindo da cama.Ao ouvir o barulho, Justine correu até o quarto assustada.

– Marcela, o que houve?!

– Nada amor, eu me levantei rápido demais, minha cabeça girou e eu caí, não foi nada demais.

– Sua maluquinha, tem de tomar cuidado – ela foi até Marcela e a ajudou a levantar – De ressaca?

– Com certeza!

As duas riram e seguiram para a cozinha.

– Sente=se querida – disse Justine sorridente – hoje sou eu quem vai preparar seu café.

– Nossa! O que fiz pra merecer tudo isso? Primeiro uma noite todinha com você e agora um café da manha!?

– Andei pensando em tudo que você me disse, e notei que realmente, tenho te magoado – Justine baixou a cabeça por uns segundos e com a face triste perguntou – Você me perdoa amor?

– Perdoar pelo que? Para com isso Ju, tu sabes, eu não tenho de perdoar nada, eu que tenho que te pedir perdão, por cobrar coisas que eu sei que não deveria cobrar.

– Eu sei que você me ama, eu não digo isto para me gabar, nem engrandecer meu ego, e sei que ficando com você esporadicamente, acabo te ferindo, e não gosto disso.

– Para com isso Ju. Nossa, este papo é melancólico demais pra uma manhã com ressaca.

– É que você é minha melhor amiga, e não quero, não posso te perder nunca – Justine não resistiu e lagrimas escorrem sob sua face pingando no balcão da cozinha.

– Ju! Você ta chorando porque amor? – Marcela rapidamente se pós ao lado da amada afagando seus cabelos.

– Não sei, que bosta! Essa porra de vinho, aquele sonho maluco, eu devo estar bêbada ainda. Desculpe.

– Credo, para de pedir desculpas. Sabe o que eu estava pensando?

– O que?

– Acho que sei o que posso fazer para te animar. Que tal agente tomar um banho bem gostoso?

Em meios às lágrimas Justine abriu um sorriso bobo, era como oferecer doce para a criança parar de chorar.

– Viu! Eu sei como te agradar, vem, vamos gostosa – disse Marcela enquanto puxava Justine pela mão.

As duas seguiram aos beijos até o pequeno banheiro do apartamento de Marcela, ao chegar, Marcela começou a despir Justine que estava impensada contra a parede fria. Entre gemidos e pedidos de mais, as duas seguiram para o chuveiro quente. Marcela tocava a xoxota molhada de tesão de Justine. Então ela se ajoelhou, colocou uma das pernas da amada sob o ombro e começou e se deliciar em meio àquela vastidão de mel que escorria de Justine que estava terrivelmente excitada.

– Ah Marcela! Você chupa maravilhosamente, ninguém nunca se igualará a você nisto meu amor!

Marcela feliz penetrou dois dedinhos na xota da amante de Justine que gemeu e a agarrou pelos cabelos. Marcela sentia que Justine estava pronta para explodir de prazer e aumentou a velocidade da língua. Em poucos segundos Justine soltava um alto gemido de satisfação.

– VOCÊ É A MELHOR! – Ela se abaixou até Marcela que estava sem graça com tantos elogios e a beijou carinhosamente repetindo em sussurros – Você é a melhor, eu te amo!

Corpos molhados, beijos, apertos, toques, as duas ficaram por hora no banho que parecia não ter fim. Marcela gozou, Justine Gozou outra vez, e então uma banhou a outra. Era como uma primeira vez romântica que não tiveram.

As duas saíram, se secaram ainda sorridentes, e sem falar nada, se jogaram uma no braço da outra, caindo sob a cama e recomeçando as caricias. Marcela abriu a gaveta do criado mudo e pegou um vibrador, mostrou a Justine e sorriu sarcasticamente.

– Não amor! Eu não agüento mais, to sensível! – disse Justine gargalhando enquanto Marcela a tocava entre as pernas novamente.

– Agüenta sim! – disse a sorridente Marcela em quanto beijava Justine rumo a sua deliciosa xoxota novamente. Depois de algumas lambidas, Marcela começou a acariciar o grelho já rijo de Justine com o vibro, ela gemia cada vez mais alto, e para os vizinhos não perceberem, ela colocou o travesseiro sob o rosto para então sufocar os altos gemidos.

Marcela sorria satisfeita por sua façanha de dar a amada vários orgasmos prazerosos em uma única manhã.

Em pouco tempo as coxas de Justine tremiam e seu corpo quente se contorcia, já podia se ver a pele arrepiada e uma explosão aconteceu, o prazer foi tão intenso que Justine urinou junto ao gozo. Depois que terminou ficou tão envergonhada que não quis se mover. Marcela notando o que estava acontecendo tentou quebrar o clima estranho.

– Nossa! Isso foi magnífico!

– Ah ta! Foi divino eu me mijar inteira.

– E foi mesmo amor, nossa, isso quer dizer que foi forte, eu fiquei maravilhada, queria mais.

– NÃO! Pelo amor de Deus – disse Justine jogando o travesseiro em Marcela – eu to que não agüento nem andar mais.

– Excelente! – disse Marcela rindo orgulhosamente de sua façanha.

– Boba! Eu vou tomar outro banho.

– Vai lá amor, eu vou terminar o café da manha, estou faminta e você também deve estar.

Pouco tempo depois, as duas estavam de roupão tomando café na sala com a TV ligada. Justine admirava o semblante iluminado de Marcela, sentia vontade de propor algo que havia planejado na noite passada, mas ficou com medo de estragar o clima.

– Pode falar. – Disse Marcela.

– Hã!? – Justine ficou pasma com a atitude da amiga – Falar o que?

– Você acha que não lhe conheço? Esta cara de pensativa que parece que vai tostar os neurônios não me engana, sei que quer dizer algo, mas esta sem coragem.

Justine engoliu seco e tomou um gole do café, envergonhada ela olhou para o lado e disse.

– Não sei do que está falando, só estou lembrando da noite passada.

– Hum… Se lembrando de tudo o que eu te disse?

– É, isso!

– Inclusive de que eu faria qualquer coisa para não te perder?

– Também – respondeu engolindo seco novamente.

– Pode pedir. O que a senhora deseja? – perguntou Marcela ainda sorrindo.

– Olha Ma, não sei se é a hora certa pra lhe propor algo assim?

– Envolve animais?

– CREDO! Deus me livro Má, tu és louca guria.

– Eu só estava descontraindo boba, abomino estas coisas, mas se você desejasse, se fosse sua grande fantasia… – Marcela explodiu em risos.

– Para com isso Má, que boba!

– Eu só estou brincando Ju, tentando te descontrair, não sei por que esta com vergonha de me pedir algo.

– É por que… Porque envolve o Lucas.

No mesmo instante, Marcela parou de rir e entornou a xícara de café.

– tudo bem Ju, eu te prometi qualquer coisa.

– Olha Ma, é só uma fantasia, se você não quiser, tudo bem, eu sei que você não gosta do Lucas.

– Eu pensei que esta fantasia eu já havia realizado com você e Fabrício.

– Não é esta… – interrompeu a fala olhando envergonhadamente para a xícara – Olha Marcela, queria ver você comendo Lucas. Pronto falei!

Macela ficou olhando catatônica o rosto de Justine por alguns minutos.

– Ma? Marcela? Diz algo, por favor! Olha tudo bem se não quiser. – dizia ela enquanto sacudia a perna da amiga – Alô tem alguém ai???

Então Marcela piscou e explodiram risos pela sala, Marcela ria tanto, descontroladamente que até lacrimejou. Justine ficou angustiada sem saber se ela chorava ou se fora efeito dos risos.

– Marcela! – chamo-a para ver se ela voltava a si – MARCELA!

– Ju – dizia entre os risos – Ju você ta brincando, né? – e seguiam-se os risos.

– Eu não, agora para com isso que você já esta me assustando.

Marcela se concentrou, ficou seria novamente, olhou desconfiada para Justine e perguntou.

– Você, então falou a verdade? É isso mesmo o que você quer?

– Olha Marcela, tudo bem se não quer…

– Não, não – disse Marcela a interrompendo – não é isso, só que eu nunca pensei que você iria me pedir isso.

– É que tempos atrás, brinquei com Lucas de inversão, mas não fomos até o final, fiquei com medo que ele não gostasse e me enchesse de porrada, mas depois eu percebi que ele estava bem à vontade com tudo aquilo e fiquei com isso na cabeça, só que minha vontade é assistir, e não fazer isto.

– Você tem certeza? Ele sabe destes seus planos?

– Não, ainda não. Olha eu podia ter pago uma profissional, mas só confio em você o rabo do meu namorado.

Não sei se fico ofendida ou lisonjeada.

– Desculpa Marcela, se quiser me espancar te dou a razão.

– EU? Eu nunca faria isso, só acho estranho, mas pensando bem…

Marcela se clou por uns minutos pensativa, sua imaginação fluiu longe no que ela poderia fazer com Lucas, para ela seria um punição a ele por roubar o amor de sua paixão.

– O que foi Ma?

– Nada, só estou imaginando pra ver se consigo fazer algo assim. Me diz, o que eu poderia fazer com ele.

– Bom, Lucas agüenta muita coisa, acho que tudo, mas ele nunca praticou inversão completa, teria de ir com carinho, não quero estourar as pregas no meu namorado.

– Eu topo!

– Serio? – perguntou Justine desconfiada.

– Sim! – respondeu Marcela em um largo sorriso.

– Ah, eu sabia que você faria isso por mim, eu te amo – e se jogou nos braços da amiga.

– É espero que ame mesmo… – disse Marcela afagando o cabelo da amada.

Continua…

(Freak Butterfly – Poliana S. Zanini)

About FreakButterfly

Que fique logo claro: não sou sexóloga (apesar de que gostaria muito), também não sou formada em psicologia, sou Bacharel e Adm. Com habilitação em Marketing e agora Bacharel em Jornalismo. Tenho este blog desde meados de 2008, onde comecei a escrever por mera diversão e distração do tédio e solidão que a cidade onde morava até então me proporcionava. Com o passar dos dias, o blog foi crescendo e a vontade de escrever também. Amo escrever e espero faze-lo bem! Não estou aqui para julgar, descriminar ou fazer apologia a qualquer coisa que seja, escrevo do que gosto para pessoas que gostam do mesmo que eu, e se o ofendi, sinto muito, mas basta fechar a pagina. No mais, volte sempre!

One response »

  1. Hi, interesting post. I have been thinking about this topic,so thanks for writing. I will likely be subscribing to your site. Keep up the good work

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: