RSS Feed

Não se agrada a todos!

É pessoal, parece que alguém levou a mal o Artigo: “Moda, faça a sua!”, sinceramente, não era intenção ofender ninguém, mas acho que nós devemos ter atitude e personalidade o suficiente para fazer-mos nossa própria moda, ou misturar tudo o que gostamos à tendências atuais.

O que eu quis dizer naquele artigo foi: não quero que tudo que gosto vire moda, porque as pessoas nos criticam sempre a partir do momento que algo que já usamos vire moda. Se por acaso ofendi alguém, sinto muito, mas não se pode agradar a todos e blog é isto, é opinativa. Não escrevo matérias e sim artigos, e no jornalismo artigo seria “uma matéria opinativa”.

Bem, queria agradecer as pessoas que mantém este blog vivo, sei que sou muito ausente nos artigos, mas quando possível coloco vários dele para vocês.

Para alguns leitores em especial:

No artigo “Dicas para brincar com o garotão”, há um comentário: “hi,
– tens muitas fantasias ou és expert no negócio.

PS. As mulheres nasceram ensinadas pa essas coisas… já cá andavamos antes de vocês… perguntem à lua! Porque nos puseram algemas e negoceiam a nossa boceta como se fosse um diamante? Se keres toma…
Anda tanta patetice na cabeça (na de cima)… ke vos faz chuchar no dedo… parvos!

Ângela”

Bem em resposta a Ângela: Querida, não, não é fantasia, não sou “expert” mas acho que a vida ensina muita coisa agente e temos de partilhar algumas. Não estou tratando a vagina feminina como um diamante a ser leiloado, não use tradutores on-line, eles distorcem muitas palavras, inclusive, não compreendi metade do que disse. E o artigo era uma forma de lidar com coisas que podem nos ocorrer, como chupar um pênis grande ou um pequenino. Há quem não sabe, eu não sabia, mas aprendi.

· No artigo “Tabus – masturbação Feminina” há a seguinte pergunta:

Oi, Realmente, a masturbação é ótimo. Aprendi novinha, tinhas uns 12 ou 14, mas fazia com o travesseiro. Aliás, Butterfly, esse vício da masturbação persiste ainda hoje?

Bjos

Jane”

Em resposta a Jane: Eu, ao contrario de ti, aprendi velhinha, aos 19 quase 20 anos, não sei se me fez falta ou não este período perdido, mas sei que é muito importante para nosso auto-conhecimento, sem a masturbação, como iríamos saber onde sentimos mais prazer. Realmente a masturbação é algo que pode viciar, mas ao contrario de uma serie de coisas que viciam, a masturbação é maravilhosa e você não deve sentir medo de se masturbar ou viciar, isto não irá prejudicar seu desempenho sexual. Mas não exagere, pois há brinquedinhos que podem machucá-la.

· Agora há um comentário que me chamou muitíssimo a atenção, é da Chris, no artigo sobre namoros problemáticos, Bipolaridade: “VC nem sabe o que é conviver com o medo de nubca ser suficiente o que estamos dando para quem amamos. Sem transtornos tb temos medo de ser abandonados por qualquer coisa. Qualquer motivo pode desencadear uma reaçaõ que não cosneguimos compreender. Dói para todos, quem tem e quem não tem. Vcs são maravilhosos, sedutores, cheios de “amor”, mas de ódio tb. Quando não têm o que querem, são capazer de mágoar, maltratar. A palavra é destrutivos. É possível amar para uma vida, não se pode vciver cobrando o tempo todo por medo do abandono. Não maltratem o amar. Amem!!!!!”

Para Chris: Querida, se precisar desabafar, estamos todos aqui. Estes problemas estão cada vez mais presentes no mundo, e você não é a única a passar por isso, eu sei bem o que escrevi e o que vivi, pois também sou bipolar e sei quantas chances de ser feliz eu já estraguei! Então se alguém aqui quer desabafar, precisar de apoio a isto, vamos unir forças. Meu perfil no orkut é este: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=4635033245541810095

Sim eu leio todos os comentários com muito carinho, até os ofensivos como o do Leonardo que comentei acima, mas não sou obrigada a aceita-los.

No orkut eu digo a mesma coisa, não estou lá para ser ofendida, então aceito quem bem entender. Se quer ser ouvido, se quer tirar duvidas ou algo mais, fique à vontade para falar.

Freak Butterfly.

*Foto: meu arquivo pessoal! (rs)

About FreakButterfly

Que fique logo claro: não sou sexóloga (apesar de que gostaria muito), também não sou formada em psicologia, sou Bacharel e Adm. Com habilitação em Marketing e agora Bacharel em Jornalismo. Tenho este blog desde meados de 2008, onde comecei a escrever por mera diversão e distração do tédio e solidão que a cidade onde morava até então me proporcionava. Com o passar dos dias, o blog foi crescendo e a vontade de escrever também. Amo escrever e espero faze-lo bem! Não estou aqui para julgar, descriminar ou fazer apologia a qualquer coisa que seja, escrevo do que gosto para pessoas que gostam do mesmo que eu, e se o ofendi, sinto muito, mas basta fechar a pagina. No mais, volte sempre!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: