RSS Feed

Porque comer fora se agora tem em casa?

Muitos homens sentem pânico quando o assunto é casamento, a idéia de estar presa a uma única pessoa, não é tão assustadora quanto fazer sexo com apenas uma pessoa.

Tudo bem, a idéia pode parecer estranho e difícil de ser aceita, mas pense bem, há estudos que afirmam: homens casados fazem mais sexo.

Se o seu objetivo na vida é ter mais sexo, aposte no casamento.

Veja agora 4 mitos que a revista Men’s Health desvendou.

· Amar significa estar louco de paixão: foi-se o tempo que para saber se amava a garota seu coração deveria acelerar, a boca secar e as pernas bambear por ela, saiba que quanto mais seguro de si e mais maduro o homem fica, menor as chances disso acontecer, afinal sua adolescência já terminou e se não terminou, isso passa. Paixões arrebatadoras podem ate acontecer, mas não fique esperando por isso, pare de perder tempo, porque isto não é garantia de nada. Porque várias mulheres que não podem deixá-lo sem fôlego à primeira vista, pode lhe inspirar por anos e anos a fio. Homem quer uma parceira, não alguém que vá completá-lo, afinal, você já não é mais um garotinho.

· Casamento é se anular: Estudos mostram que, em média, homens casados chegam às vias de fato mais vezes que seus colegas solteiros. E sim, este sexo todo é com a mesma mulher, e esses estudos não dizem nada sobre a qualidade destas transas. Claro que há homens sortudos que têm tudo, qualidade e quantidade com uma variedade infinita de mulheres, mas venhamos e convenhamos você acha que pode ser um deles? E mesmo que você seja, acha que isto irá dura quanto tempo? Se sua aposta é o melhor do sexo, prepare as alianças. Saiba que qualidade é algo que só depende de você e dela (e um ótimo diálogo).

· Vocês precisam ter muito em comum: tire da cabeça esta idéia de que vocês têm que ter muito em comum ou as idéias baterem, pare de procurar a tampa da panela, pois ela não existe. Não dá pra existir dois seres humanos iguais. O melhor de um relacionamento é terem pontos de vistas diferentes do espetáculo todo. Não faça disto um campo de batalha e pare de dizer que está atrás do seu “tipo” de mulher. O que vocês precisam ter em comum é pertencerem a mesma espécie e claro coisas mais corriqueiras em comum para grandes decisões da vida, como ter filhos ou não. Há mais chance de dar certo se forem diferentes, do que duas pessoas que seguem a mesma cartilha. Pessoas parecidas podem sufocar um ao outro. Você não deixaria de casar com a musa sexual pelo simples fato de não serem do mesmo time não é?

· Ela tem que ser perfeita: mulher não é um eletrodoméstico a ser avaliado. Não veja o casamento como uma compra onde você faz uma analise do “objeto” para saber se ele está no mais perfeito estado. Pare de olhar qualidades e defeitos e veja o que ela realmente significa para você. Porque no final, ninguém é perfeito, nem você. Uma mulher não precisa de beleza ou intelecto para ser a mulher fabulosa. Tudo que é belo, tem uma rachadura, escreveu Leonard Cohen, é por essa rachadura que a luz penetra.

Não entre em pânico quando a vontade de se amarrar a alguém bater. Você não será o cara mais “burro” da turma por sentir vontade de usar um “bambolê de otário” no dedo. Use do casamento uma forma de se gabar dos seus amigos. Esta relação só entra em crise por falta de paciência e diálogo.

Uma boa conversa, ser paciente naquelas fases ruins que toda mulher enfrenta, ou seja, a TPM.

A única coisa que no final das contas você deve saber se a mulher é ou não perfeita para você é: ela vai estar ao seu lado nas horas difíceis?

Sabe aqueles votos, na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença? É isto que você precisa saber, se na hora que o cerco fechar, se na hora que o dinheiro faltar ela vai estar ai. Se você achou a resposta, aí sim, você achou sua mulher perfeita.

Freak Butterfly.

About FreakButterfly

Que fique logo claro: não sou sexóloga (apesar de que gostaria muito), também não sou formada em psicologia, sou Bacharel e Adm. Com habilitação em Marketing e agora Bacharel em Jornalismo. Tenho este blog desde meados de 2008, onde comecei a escrever por mera diversão e distração do tédio e solidão que a cidade onde morava até então me proporcionava. Com o passar dos dias, o blog foi crescendo e a vontade de escrever também. Amo escrever e espero faze-lo bem! Não estou aqui para julgar, descriminar ou fazer apologia a qualquer coisa que seja, escrevo do que gosto para pessoas que gostam do mesmo que eu, e se o ofendi, sinto muito, mas basta fechar a pagina. No mais, volte sempre!

One response »

  1. Sinto muito Freak, mas acho que voce nao e´casada… Depois que eu me casei o sexo acabou. e olha que era otimo, do tipo todo dia, toda hora.
    acabou. tenho duvidas se o casamento resiste assim…

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: