RSS Feed

Os Mistérios do Ponto C – Final

Olá caros leitores, hoje iremos encerrar com a matéria do sexólogo Ian Kerner na revista NOVA sobre os mistérios e prazeres do ponto C.

 

Pergunta: Minha namorada só chega lá com a penetração se estimulo o botão do amor ao mesmo tempo. É normal?

Resposta: Sim! “Eu também acreditava que o ‘jeito certo’ de um casal chegar ao orgasmo era com a penetração. Mas descobri que essa pratica não era inferior. Aliais, em muitos casos era superior, porque varias mulheres só chegam lá recebendo estimulação clitoriana persistente e rítmica”, diz Ian.

 

Pergunta: O clitóris é tão sensível quanto os testículos?

Resposta: “O grau de sensibilidade não chega a ser igual aos dos testículos, mas é parecido com o do pênis”, esclarece Ian. O órgão feminino é similar, biologicamente falando, ao membro sexual masculino. “Os dois são feitos do mesmo tecido erétil”, explica Ian Kerner. E as semelhanças não param por aí. A mulher também tem grande, que protege a parte externa do clitóris. E, embora seja bem menor que a sua, possui o quádruplo de nervos – ou seja, origina sensações quatro vezes mais intensas!

 

Pergunta: Como estimular o botão do prazer para levar minha namorada às nuvens?

Resposta: Usando o ouvido. É isso mesmo. “A regra de ouro para satisfazer uma mulher é escuta-la”, garante o sexólogo. “Encare as preliminares como uma dança em que ela conduz os movimentos.” De que jeito? Deixando sua garota à vontade, principalmente se ela for tímida. Vale criar um clima à meia-luz, fazer perguntas entre sussurros e até sugerir que ela banque a professora, guiando sua mão lá embaixo. De qualquer forma, ser delicado nunca é demais. “Não precisa ter medo de encostar no clitóris, mas seja gentil. Quando perceber que sua mulher está bem excitada os beijos mais fortes estão liberados”, ensina Ian. Aqui vai um miniguia: primeiro, use três dedos (indicador, médio e anular) para pressionar a superfície do botão mágico e acaricia-lo em círculos. Na hora de começar a explosão, eleja o indicador ou médio para tocar grandes e pequenos lábios. Acaricie a parte interna das coxas, percorra a entrada da vagina – sem entrar. Então, de novo, estimule o ponto C com movimentos circulares. Dessa o dedo para a entrada da vagina e movimente-o como se estivesse fazendo carinho entre os olhos de um gato. Sexo oral também vai fazê-la ouvir os sinos. O ideal é que ela esteja deitada de costas, com as pernas separadas. Corra os dedos pelo púbis, chupe os lábios vaginais sem usar a língua. Depois do toque inicial, dê as primeiras lambidas no clitóris, longas e duradouras, como se ele fosse um sorvete. Sinta sua língua percorrendo a vulva e… Interrompa os movimentos. É o jogo do provoca e pára. Cada ciclo de estímulos deve durar aproximadamente dez segundos, repetidos durante três minutos. Só então dê o que ela pede: pressione levemente a ponta da língua sobre a cabeça do clitóris, como se fosse uma onda banhando-a. Continue por cinco segundos. Falando na “zona sul”, caricias no períneo, espaço situado entre o final da vagina e o ânus, e nos pequenos lábios são ótimos meios de deixar a namorada pedindo mais – e você feliz da vida. “A área se enche de sangue quando estimulada, o que aumenta o contato contra o pênis no momento da penetração. A conseqüência disso é que a abertura vaginal fica mais estreita, potencializando a excitação masculina.”

 

 

Pergunta: Qual a melhor posição para intensificar o orgasmo com a ajuda do ponto C?

Resposta: Duas delas atingem esse objetivo:  a mulher por cima e papai-e-mamãe. “Quando a garota estiver no controle, jogue os quadris para cima, pressionando seu osso púbico, bem na base do pênis, contra o clitóris. Então, o movimento dela naturalmente estimulará o órgão, sem que você tenha trabalho algum”, Instrui Ian. Se a opção for deixar a moça por baixo, tente penetra-la de ângulo mais alto, subindo o corpo para que a base do membro, novamente, toque a pérola mágica. “Essa variação permite penetração profunda. É importante focar na pressão, não na velocidade do vaivém”. Também vale estimular o ponto C com a mão enquanto a penetração na posição cachorrinho ou até na de colherzinha. Em tempo: se estiver cheio de amor para dar e quiser partir para um segundo roud, melhor esperar cinco ou dez minutos. “As mulheres precisam de mais tempo para que a zona genital volte ao normal. Nesse meio-tempo, retome outros carinhos, como beijos e abraços. Só não toque no clitóris, que estará muito sensível.”

 

Pergunta: muitas mulheres curtem vibradores: quanto maiores, mais excitam?

Resposta: Esses aparelhos proporcionam prazer por trepidarem de forma rítmica e constante – e não por causa do tamanho, como você poderia imaginar. “É a vibração que estimula as terminações nervosas”, garante o sexólogo. No entanto, vale o mesmo conselho para as caricias manuais: tire partido deste brinquedo erótico nas preliminares, mas comece aos poucos, com intensidade leve, e só vá aumentando à medida que o ponto C esteja preparado. Caso contrario, o prazer se torna irritante. Na hora de escolher o modelo, procure o que reúne mais benefícios. “Os melhores são os multifuncionais, como o Rabbit, um dos mais populares nos Estados Unidos. Ele tem uma pequena curva para cima que atinge o ponto G e um segundo eixo com um pequeno coelho que estimula o clitóris.”*

 

Bom, chegamos ao fim desta incrível jornada pelo clitóris, então rapazes pratiquem e garotas mostrem aos parceiros como tocar no seu “sino dourado”!

Ótima semana a todos e muito obrigada pelo apoio.

 

Freak Butterlfy.

 

*Fonte: Revista NOVA, Outubro de 2007, pág 180 a 183.

 

 

About FreakButterfly

Que fique logo claro: não sou sexóloga (apesar de que gostaria muito), também não sou formada em psicologia, sou Bacharel e Adm. Com habilitação em Marketing e agora Bacharel em Jornalismo. Tenho este blog desde meados de 2008, onde comecei a escrever por mera diversão e distração do tédio e solidão que a cidade onde morava até então me proporcionava. Com o passar dos dias, o blog foi crescendo e a vontade de escrever também. Amo escrever e espero faze-lo bem! Não estou aqui para julgar, descriminar ou fazer apologia a qualquer coisa que seja, escrevo do que gosto para pessoas que gostam do mesmo que eu, e se o ofendi, sinto muito, mas basta fechar a pagina. No mais, volte sempre!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: