RSS Feed

Qual o medo delas na cama!

Sabe aquelas inseguranças que toda mulher tem na hora H? Sim, é que todas nós temos nossas paranóias do que o parceiro irá pensar. O medo do julgamento faz com que nós mulheres perdessem segurança na hora do sexo, quer saber quais são? Quer saber por quê? Leia agora:

1 – SEREM CONSIDERADAS VULGAR: que todo homem sonha com uma deusa do sexo, todos já sabem, porém, as mulheres acham que se liberarem sua agressividade na cama, você pode achar ela experiente demais e assim vulgar. Você pode achar besteira, mas ainda há homens que pensam assim. Para que ela não se sinta assim, tome a iniciativa e proponha a ela fantasias, converse com ela, mostre seus interesses e que é uma pessoa de mente bem aberta.

2 – NÃO ATINGIR O CLÍMAX: Enquanto você reza para não chegar lá muito rápido, nós rezamos para ter um orgasmo. Todas imaginam que se isso não acontecer é porque há algo errado em nosso funcionamento, mas não é bem assim. Em uma pesquisa feita foi descoberto que apenas 30% das mulheres chegam ao orgasmo através da penetração. Para que ela não se sinta tão mal por não chegar lá, faça-a gozar através de sexo oral e até mesmo masturbação. Lembre-se: se ela gozar e ficar satisfeita, fará de tudo para lhe satisfazer ao máximo.

3 – NÃO SATISFAZER O PARCEIRO: Enquanto os homens meditam no meio da relação sexual sobre seu desempenho, nós mulheres geralmente meditamos sobre se estamos realmente satisfazendo nossos parceiros ou se eles estão gostando. Então para nos deixar mais relaxadas, diga algo. Diga que esta gostando. Diga depois o que achou, o quanto ela o satisfez. Assim como você gosta de ouvir como é gostoso, como seu pau é grande e suculento e o quanto a satisfaz, nós também gostamos de ouvir que somos gostosas, que somos deusas, que nós a deixamos loucos.

Às vezes coisas que parecem bobas, podem mudar muito uma relação. Fique experto caro leitor, preste mais a atenção na sua parceira. Pequenos detalhes podem fazer uma grande diferença.

Fiquem de olho,

Freak Butterfly.

About FreakButterfly

Que fique logo claro: não sou sexóloga (apesar de que gostaria muito), também não sou formada em psicologia, sou Bacharel e Adm. Com habilitação em Marketing e agora Bacharel em Jornalismo. Tenho este blog desde meados de 2008, onde comecei a escrever por mera diversão e distração do tédio e solidão que a cidade onde morava até então me proporcionava. Com o passar dos dias, o blog foi crescendo e a vontade de escrever também. Amo escrever e espero faze-lo bem! Não estou aqui para julgar, descriminar ou fazer apologia a qualquer coisa que seja, escrevo do que gosto para pessoas que gostam do mesmo que eu, e se o ofendi, sinto muito, mas basta fechar a pagina. No mais, volte sempre!

2 responses »

  1. que grande post… sinceramente espectacular, e consegui perceber muita kosa, que normalmente não se fala, porque não vem á conversa e acaba por ser MUITO IMPORTANTE… Ando a precissar de uma dicas,por isso continua em a escrever estes pots singulares…

    abreijos

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: